Seja bem vindo ao "Blog do Borjão"

quarta-feira, 30 de julho de 2008

CHARGE DO DIA

RAPIDINHAS DO BLOG...

VOX POPULI REVELA EMPATE ENTRE TRÊS CANDIDATOS EM FORTALEZA

Pesquisa do Instituto Vox Populi divulgada na terça (29) revela que três candidatos estão tecnicamente empatados na disputa pela Prefeitura de Fortaleza (CE). O ex-deputado federal Moroni Torgan (DEM) e a prefeita de Fortaleza Luizianne Lins (PT), que concorre à reeleição, estão com 27% das intenções de voto, enquanto a senadora Patrícia Saboya (PDT) aparece com 23%. O empate acontece dentro da margem de erro, de 3,7 pontos percentuais, para mais ou para menos. Renato Roseno (PSOL) e Pastor Neto Nunes (PSC) mantiveram os 2% de intenções de voto com relação à última pesquisa do mesmo instituto.Adahil Barreto (PR) e Luiz Gastão Bittencourt (PPS), que aparece pela primeira vez na pesquisa, têm 1% cada. Todos os demais candidatos somam menos de 1%. Não votariam em nenhum dos candidatos, brancos e nulos somam 7% e não sabem ou não responderam, 10%.Na primeira pesquisa Vox Populi, Luizianne Lins tinha 26%. Moroni Torgan passou de 30% para 27% e Patrícia tinha 21%.A pesquisa foi solicitada pela TV Jangadeiro, afiliada do SBT. Foram feitas entrevistas com 700 moradores entre os dias 25 e 26 de julho. A pesquisa está registrada na 116ª Zona Eleitoral sob o número 63666/08.A pesquisa simulou um segundo turno entre os três candidatos mais bem colocados. Numa possível disputa entre Moroni e Luizianne, o ex-deputado sairia na frente com 46% contra 40% da candidata à reeleição. Neste cenário, brancos e nulos tiveram 9% das intenções de votos e 6% não sabem ou não responderam. Entre Luizianne e Patrícia, a prefeita também perderia as eleições. Na simulação, a senadora obteve 50% das intenções de voto contra 36% da candidata à reeleição. Brancos e nulos seriam 9% e não sabem ou não responderam, 5%.Já em um segundo turno entre Moroni e Patrícia, a senadora ganharia o pleito com 48% contra 38% do ex-deputado. Brancos e nulos seriam 8% e não sabem ou não responderam 6%. Na pesquisa de voto espontânea -quando os nomes dos candidatos não são apresentados aos entrevistados- Luizianne Lins se manteve em primeiro lugar com 19%, a mesma porcentagem da primeira pesquisa. Moroni Torgan também manteve 15% das intenções de voto e Patrícia Saboya passou de 10% para 13%. Renato Roseno manteve 1%. Todos os demais candidatos somam menos de 2%. Não votariam em ninguém, brancos e nulos contabilizam 10% e indecisos somam 42%. Luizianne Lins, que obteve o maior índice de rejeição na primeira pesquisa Vox Populi, 33%, agora contabiliza 30% dos que não votariam nela. Moroni Torgan manteve 14% e Patrícia tem agora 6%, contra 4% da última pesquisa. Pastor Neto Nunes tem 5%, Adahil Barreto, 3%, e Sílvio Frota (PAN), 2%. Fernandes Filho (PSDC), Renato Roseno, José Carlos Vasconcelos (PCB), Luiz Gastão Bittencourt e Aguiar Júnior (PTC) têm 1% de rejeição cada. Os que não votariam em nenhum dos candidatos somam 5%. Já os que votariam em qualquer um deles representam 4% e indecisos, 17%.

PRESIDENTE DO STF RECEBE PROJETO SOBRE ABUSO DE AUTORIDADE

O Presidente do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, recebeu na terça-feira, 29, uma proposta de projeto de lei que o deputado federal Raul Jungmann (PPS-PE) pretende apresentar ao Congresso já neste segundo semestre e que tem como foco o fim do abuso de autoridade. Jungmann disse que veio pedir sugestões e contribuições de Gilmar Mendes ao projeto. Ele ressaltou que já fez o mesmo pedido ao ministro da Justiça, Tarso Genro, ao procurador-geral da República, Antonio Fernando Souza, e que pretende ainda procurar as associações de juízes, procuradores e delegados.A discussão sobre uma nova legislação tomou fôlego neste mês, em encontro de Mendes com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia, e Mendes já conversaram sobre a necessidade de alterar a lei. "Esse ambiente policialesco de condenar sem direito a defesa e atingir imagens das pessoas, sou favorável a um ordenamento jurídico (para resolver isso)", afirmou Chinaglia. O presidente da Câmara pretende colocar em votação, em agosto, na volta do recesso parlamentar, projetos que tornem mais rigorosa a lei sobre abuso de autoridade e que regulamentem o uso do grampo telefônico em investigações policiais. O presidente do STF vem puxando essa discussão sobre a necessidade de regulamentar e controlar os abusos de autoridade entre a polícia, juízes e procuradores. Uma das propostas que ele encampa deve acelerar os processos na Justiça contra agentes públicos, como policiais federais, suspeitos de abuso. A idéia é tirar do Ministério Público o poder exclusivo de acionar a Justiça e denunciar os autores de abuso, como previsto na legislação atual de abuso de autoridade, de dezembro de 1965, feita em pleno regime militar (1964-1985). Da forma como está a lei, a ação penal contra suspeitos de abuso de autoridade depende do MP. Essa alteração na lei permitirá, caso aprovada, que qualquer cidadão que se sentir vítima de abuso acione a Justiça, sem necessitar do aval do Ministério Público, como previsto na legislação. Com isso, o presidente do Supremo tenta evitar que procuradores, que trabalham em conjunto com a Polícia Federal nas operações que deflagra, possam arquivar casos de abuso contra investigados ou autoridades atingidas, por exemplo, pelo vazamento a conta-gotas de informações sigilosas.

GOOGLE DETECTA 1 TRILHÃO DE PÁGINAS NA INTERNET

O Google detectou mais de um trilhão de endereços exclusivos na internet, de acordo com o site The Inquirer. Além disso, a companhia diz ter registrado um crescimento de um bilhão de páginas por dia na web. Os engenheiros de software Jesse Alpert e Nissan Hajaj, integrantes da equipe de infra-estrutura de pesquisa na internet do Google, afirmaram que a companhia não precisou catalogar cada uma dessas 1 trilhão de páginas já que muitas delas são similares, ou representam conteúdo gerado automaticamente. Segundo o site Adnews, porém, o número de páginas indexadas pelo serviço ainda não tem número preciso. Conforme declara o site Tech.Blorge, em 2000 a companhia afirmou que seu mecanismo indexava um bilhão de páginas. Já no site TechCrunch, a Google afirma ter em seu cadastro cerca de 40 bilhões de páginas, um número mais baixo para excluir spam e diminuir o custo do processo, que é verificado diariamente, pois segue as páginas do catálogo e realiza as atualizações necessárias. Segundo o Inquirer, o Google não tornou os anúncios públicos principalmente porque outros sites importantes de busca tendem a criticar sua metodologia. O TechCrunch, porém,diz que o motivo pelo qual a companhia fez este anúncio é outro: para intimidar um concorrente que será anunciado nesta semana.

INDICADORES DO BLOG

TURISMO NO BLOG

VISCONDE DE MAUÁ DOSA SIMPLICIDADE E CONFORTO

Visconde de Mauá é uma região repleta de belezas naturais, cachoeiras e rios cristalinos, onde o canto dos pássaros e a natureza são um convite ao descanso. O cenário é daqueles refúgios onde simplicidade e conforto são dosados na medita exata. O friozinho é um atrativo a mais, sendo um local bastante procurado por casais que querem curtir a noite à frente de uma lareira e saborear um bom vinho. Os amantes da bebida encontram adegas com grande variedade de rótulos, portanto, Visconde de Mauá é o lugar ideal para se beber vinho durante todo o ano.Para os amantes da natureza, Mauá é um tratamento antiestresse. O vilarejo cortado pelo Rio Preto mantém-se rústico, apesar da concentração de pousadas, hotéis e restaurantes. Há diversas cachoeiras e piscinas de águas naturais e translúcidas. Localizada na Área de Proteção Ambiental da Serra da Mantiqueira, com altitude média de 1.300 m, a localidade tem várias opções de caminhadas por trilhas, passeios a cavalo, banhos de cachoeira e locais esplêndidos para a prática de esportes como o vôo livre, canoagem, rapel, trekking e mountain bike. A região já foi habitada por índios puris, jesuítas, bandeirantes, fazendeiros, colonos alemães e hippies. A hotelaria e a gastronomia da região possuem infra-estrutura turística, com hospedagem em charmosas pousadas e restaurantes de requinte e bom gosto, com cozinhas premiadas que variam da comida caseira à tradicional, com destaque para pratos preparados com o pinhão. Nos últimos anos, Visconde de Mauá ficou famosa pela Festa do Pinhão e o Festival Gastronômico que reúne na serra renomados chefs de cozinha.No comércio de artesanato e roupas podemos encontrar variedades em tapetes, peças entalhadas em madeira e artigos de tear, alguns produzidos por artistas plásticos que atendem aos visitantes em seus ateliês, abertos ao público, onde se pode encomendar uma peça exclusiva.

Um pouquinho da história da região

No final do século XIX, com a abolição da escravatura, a produção de café entrou em crise. O governo federal passou então a fazer uma intensa campanha para o assentamento de Núcleos Coloniais formados por imigrantes europeus.Desde 1870, Irineu Evangelista de Souza, o Visconde de Mauá, obtivera do Governo concessão para a exploração de carvão mineral na Serra da Mantiqueira. Seus negócios tomaram outros rumos, mas as terras do Rio Preto passaram a se identificar com o nome e o patrimônio de Mauá.Em 1889, entrou em vigor um contrato para a instalação dos Núcleos Coloniais de Itatiaia e Visconde de Mauá realizado por Henrique Irineu de Souza, filho e herdeiro do Visconde de Mauá. Todo o subsídio prometido pelo governo aos colonos migrantes não passou de mera promessa e essa tentativa logo fracassou, acontecendo novamente em 1907, desta vez com o controle total do governo que para isso comprou as terras de Visconde de Mauá.Essa segunda tentativa também se inviabilizou nas dificuldades de acesso e condições climáticas, impossibilitando a produção agrícola. O núcleo se dispersou e chegaram os mineiros com a pecuária leiteira. Em 1922, as famílias Bulher e Buttner, imigrantes alemães, iniciaram o turismo na região trazendo para suas casas os primeiros visitantes. De lá até os dias de hoje a região ganhou novos rumos. Na década de 1970, grupos de jovens com mochilas nas costas e cabelos compridos povoaram a região e trouxeram a fama de paraíso dos hippies. Junto com eles vieram os artesãos e artistas.Nos anos 1980, a região de Visconde de Mauá no município de Resende, se tornou o refúgio de pessoas que vivem nas grandes cidades. Milhares de visitantes de todas as idades procuram a serra e suas cachoeiras para desfrutar da sua beleza restauradora e da tranqüilidade para acabar com o estresse adquirido na vida das grandes cidades como São Paulo e Rio de Janeiro.

CIRCULA NA INTERNET

IMAGEM DO DIA

Uma belíssima imagem da Ponte dos Ingleses – Praia de Iracema – Fortaleza - CE

PIADA DO BLOG

A TESTEMUNHA OCULAR

Um ladrão com uma arma entra em um banco e exige o dinheiro ao Caixa. Uma vez com o dinheiro na mão ele se volta para um cliente e pergunta:

-- Você me viu roubar este banco?

-- Sim, eu vi.

O ladrão atira nele, matando-o instantaneamente. Depois se volta para um casal parado a seu lado e pergunta ao homem:

-- Você me viu roubar este banco?

-- Eu não, mas minha SOGRA que está aqui no meu lado, viu e tem uma memória de Elefante.

CITAÇÃO DO DIA

"As pessoas que vencem neste mundo são as que procuram as circunstâncias de que precisam e, quando não as encontram, as criam." (Bernard Shaw)

TEXTO DO BLOG

O PRESIDENTE E O BANQUEIRO

Eduardo Guimarães

A cada dia que passa fico mais surpreso com o pavor que o banqueiro Daniel Dantas infunde nos corações do topo da sociedade brasileira. E não paro de me surpreender com as informações sobre o poder que ele deteve até há poucas semanas, se tanto. Uma matéria jornalística intrigante e instigante, sobre a qual discorrerei daqui a pouco, saiu recentemente e foi solenemente ignorada por toda a mídia grande, faça-se a exceção a Paulo Henrique Amorim e a mais alguns poucos blogueiros mais independentes.

Aliás, neste capítulo, devo dizer que o PH hoje, apesar de estar despertando sentimentos pouco amistosos até entre os petistas, por estar questionando Lula pelo poder de mobilidade que Dantas manteve em seu governo, parece ser um dos pouquíssimos jornalistas de renome que não têm o rabo preso com Daniel Dantas de forma nenhuma, pois critica da extrema direita à extrema esquerda, passando pelo centro, com ampla eqüidade. Claro que todos atacam Dantas, mas a inteligência fenomenal do banqueiro já entendeu faz tempo que ninguém em sã consciência hoje teria a coragem de defendê-lo ou de sequer deixar de atacá-lo. Assim, há que dimensionar o viés dos discursos jornalísticos sobre Dantas de acordo com a independência desses discursos em relação a grupos políticos. É neste momento que ressurge a tal reportagem "intrigante e instigante" que já citei aqui. É de Bob Fernandes, no Terra Magazine, publicada sob o sugestivo título "Alvo de Dantas, Lula dizia: é um escroque".

A matéria (que você precisa ler) relata que Dantas deu ordens expressas à diretora jurídica de seu banco para que o escândalo envolvendo o prefeito morto de Santo André Celso Daniel, brutalmente assassinado no começo de 2002, fosse usado contra Lula. A matéria não explica como isso seria feito, mas mostra Dantas dando ordens à tal diretora para que minta e faça sair na mídia que são sete os mortos durante a investigação do assassinato de Daniel, pois como, na verdade, são seis mortos, isso obrigaria Lula a dizer outro número e, assim, admitir a polêmica criada, que, segundo a visão de Dantas, prejudicaria o presidente. Essa é parte da explicação que prometi dar na semana passada sobre esse assunto, e que não havia dado porque fiquei envolvido com os atos públicos que ocorreram em diversas partes do país estes dias.

A outra parte refere-se à causa da ordem de pôr Lula na berlinda através do caso Celso Daniel. Não se sabe, porém, como é que se pretendia pôr o presidente pessoalmente no centro do caso, mas percebe-se que o banqueiro achava que levantar o caso na mídia o atingiria (ao presidente). A causa é dialogo reproduzido por Bob Fernandes na matéria do Terra Magazine a que remete link no início deste texto (matéria que se você não leu deve ler, e que se já leu deve reler). Trata-se de reprodução de conversa de Lula com interlocutor não especificado na matéria, na qual o presidente dá ordens para a Polícia Federal ir até o fim na investigação de Daniel Dantas doa a quem doer, mesmo que aliados presidenciais sejam envolvidos. A matéria ainda propõe que Dantas teria sido tragado agora por medidas adotadas por Lula ainda em 2006, numa espécie de guerra que se estabeleceu, desde aquela época, entre o presidente e o banqueiro.

A matéria incomoda muito a mídia e por isso foi mergulhada no mais profundo esquecimento. Não se viu absolutamente nada nos grandes meios de comunicação a respeito dessa parte das escutas oficiais de Dantas e de seus empregados, escutas produzidas pela Operação Satiagraha. É absolutamente escandaloso que nenhum telejornal ou grande jornal ou grande revista tenha mencionado gravações que mostram Daniel Dantas mandando pôr em evidência o caso Celso Daniel, pois ele só pode ter pretendido levantar o caso na mídia. Como ele faria isso? A resposta está na parte das investigações da Polícia Federal que trata daqueles meios de comunicação que eu e muitos outros vivemos dizendo que trabalham para desmoralizar Lula. Eu me enganei na conclusão da pré-análise anterior que fiz da matéria de Bob Fernandes. Quando o jornalista aludiu a revanche que estaria vindo, eu disse aqui que seria a prisão de Dantas o começo dessa revanche, quando depois, lendo bem o que Fernandes escreveu, percebi que a revanche seria de Dantas contra Lula.

De qualquer forma, a exploração desse assunto mudaria radicalmente o tom do grande noticiário, que procura criar a idéia de que Lula tentou abafar as investigações contra Dantas quando a matéria do Terra mostra que é justamente o contrário o que aconteceu.

Fonte: http://edu.guim.blog.uol.com.br/arch2008-07-20_2008-07-26.html#2008_07-22_13_05_53-3429108-0

terça-feira, 29 de julho de 2008

RAPIDINHAS DO BLOG...

LULA QUER QUE MINISTROS ARTICULEM LEI PARA CONTROLAR GRAMPOS

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu na segunda-feira, 28/7, que os ministros da Justiça, Tarso Genro, e de Relações Institucionais, José Múcio Monteiro, levem ao Congresso já na próxima semana uma proposta para regulamentar os grampos telefônicos. A decisão foi tomada durante a reunião da coordenação política, no Palácio do Planalto. Tarso e Múcio receberam a tarefa de discutir e viabilizar o projeto com os presidentes da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), e Senado, Garibaldi Alves (PMDB-RN). Na última quinta, Tarso admitiu que há no País um descontrole em relação a grampos telefônicos feitos clandestinamente. "Nós estamos chegando num ponto em que temos que nos acostumar ao seguinte: falar no telefone com a presunção de que alguém está escutando", disse. O ministro, no entanto, rebateu a idéia de que esteja em curso a formação de um Estado policial no Brasil. Tarso também afirmou que a proposta do governo de alteração da legislação sobre grampos telefônicos trata, por exemplo, da proteção de informações de escutas relacionadas com a intimidade do investigado. Na mesma linha, Múcio afirmou na semana passada que o governo tem enfrentado problemas com escutas clandestinas e defendeu a votação em caráter de urgência de projeto de lei que estabeleça punição para os responsáveis por esse tipo de ação. "Tenho a impressão de que meu telefone é uma rádio comunitária", comparou Múcio, explicando que sabe que outras pessoas podem esta ouvindo suas conversas. "É melhor pensar assim, tomar as precauções e exceder na confiança. Hoje existe o grampo oficial, que é requerido pela Justiça, e o grampo clandestino." Ele disse que o governo tem se preocupado com essas escutas clandestinas.

VALORIZAÇÃO DO REAL ANTE O DÓLAR NO GOVERNO LULA CHEGA A 124%

A valorização do real ante o dólar desde o início do governo de Luiz Inácio Lula da Silva já soma 124,2%, fazendo do Brasil o país - entre oito mercados pesquisados - com a maior valorização da moeda local no período, segundo estudo da consultoria Economática. Na Europa, a valorização do euro chegou a menos de metade disso no período, com 50% de alta. O levantamento mostra que, entre o dia 31 de dezembro de 2002 e a última sexta-feira, 25 de julho, a moeda norte-americana registrou desvalorização de 55,4%, também a maior entre os mercados acompanhados pela Economática. A Colômbia é o segundo país com maior desvalorização, com 38,1%. O único país em que o dólar mostra valorização é a Venezuela. Isso porque, o governo de Hugo Chávez tem congelado o câmbio do país diversas vezes desde 2003. Considerando apenas os dados deste ano, a Colômbia lidera a queda da cotação do dólar, com redução de 12%, seguida pelo Brasil, com desvalorização de 11,1%. Em 2008, até o dia 25 de julho, a moeda colombiana é também a mais valorizada, com alta de 13,6% perante o dólar.

ESTÁ NA VEJA DESTA SEMANA - EX-GOVERNADOR DO CEARÁ, LÚCIO ALCÂNTARA DEVE MESMO ASSUMIR A CHESF

O governo decidiu substituir toda a diretoria da Chesf, seu braço hidrelétrico no Nordeste. A equipe atual da empresa foi nomeada por indicação do ex-governador pernambucano Miguel Arraes, morto há três anos. Seu neto e atual governador do estado, Eduardo Campos, terá direito a indicar um dos novos diretores. O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, reserva a presidência ao cearense Lúcio Alcântara, do PR. Para emplacá-lo, Lobão precisa vencer a resistência do deputado Ciro Gomes. Adversário de Alcântara no Ceará, Ciro já conseguiu evitar que ele fosse nomeado para, pelo menos, outros quatro postos no governo.

(Fonte: http://jc.uol.com.br/blogs/blogjamildo/canais/noticias/2008/07/26/ex-governador_do_ceara_lucio_alcantara_deve_mesmo_assumir_a_chesf_23143.php)

CHARGE DO DIA

INDICADORES DO BLOG

BIOGRAFIA DE CELEBRIDADES

MÁRIO LAGO

A sica obedece a razões de genética no compositor Mário Lago, filho do maestro Antônio Lago. Nascido no Rio de Janeiro em 26 de novembro de 1911, aos 15 anos já publicava o primeiro poema na imprensa carioca. Formou-se advogado, mas praticamente não exerceu a profissão, preferindo escrever para o então florescente teatro de revista, tornar-se compositor, ator -foi um dos mais renomados galãs do teatro de comédia brasileiro nos anos 40-, radialista, poeta e ativista político.

Como compositor, são dele sucessos que se tornaram obrigatórios em qualquer antologia de MPB que se organize. "Ai Que Saudade da Amélia" e "Atire a Primeira Pedra", ambos em parceria com Ataulfo Alves, são bons exemplos. No carnaval marcou presença com "Aurora", feita com Roberto Roberti, e suas românticas composições, assinadas com Custódio Mesquita e Sadi Cabral, ganharam o país principalmente na voz de Orlando Silva, sendo "Nada Além", uma das mais famosas.

Radiador, autor de programas radiofônicos de grande sucesso, sua carreira profissional foi sempre marcada por forte atuação política, em favor de sua categoria. O que veio a prejudicá-lo quando da instalação do regime militar de 1964, encerrando sua carreira na Rádio Nacional do Rio de Janeiro e provocando sua prisão. Seu retorno deu-se tempos depois, pela televisão, consagrando-se como autêntico astro no elenco de telenovelas da Rede Globo.

Dedicou-se mais firmemente à literatura, escrevendo livros de memórias e crônicas, contando de forma saborosa como era o Brasil e os brasileiros à época de sua juventude.

Morreu em 31 de maio de 2002, no Rio de Janeiro.