Seja bem vindo ao "Blog do Borjão"

domingo, 28 de fevereiro de 2010

DICA DO BORJÃO

A Dica do Borjão de hoje, 28/02/2010 é a linda canção "O BEM E O MAL" de Danilo Caymmi na bela interpretação de Antonyo Rycardo. A música fez muito sucesso na série da Rede Globo "RIACHO DOCE". Um bom domingo e até a próxima Dica do Borjão.

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

CITAÇÃO DO DIA


CHARGE DO DIA


RAPIDINHAS DO BLOG...


LUCRO DO BB ATINGE R$ 10, 148 BILHÕES EM 2009, O MAIOR DA HISTÓRIA DO SETOR

O Banco do Brasil (BB) registrou em 2009 um lucro contábil de R$ 10,148 bilhões, alta de 15,3% na comparação com igual período do ano anterior. O resultado é o maior da história bancária do Brasil, segundo dados da consultoria Economatica, superando o do Itaú Unibanco em 2009, maior ganho até então. Ao desconsiderar os itens não recorrentes, que somaram em 2009 R$ 3,3 bilhões, o lucro líquido recorrente somou R$ 6,833 bilhões, um crescimento de 2,2%. O retorno sobre o patrimônio líquido médio em 2009 ficou em 30,7%, abaixo dos 32,5% registrados em 2008. O total de ativos do BB chegou ao final de dezembro em R$ 708,549 bilhões, um crescimento de 36%. Esse volume de ativos confirma o banco federal como a maior instituição financeira do País. A carteira de crédito do banco federal ao final de dezembro era de R$ 300,829 bilhões, valor que indica um crescimento de 33,8% sobre o volume de empréstimos de dezembro de 2008. No quarto trimestre de 2009 um lucro líquido recorrente de R$ 1,819 bilhão, valor que indica um crescimento de 11,9% na comparação com igual período de 2008. Contribuíram para esse resultado, principalmente, o maior volume de operações de crédito e as receitas com prestação de serviços. Já o lucro líquido contábil, que inclui efeitos extraordinários, foi de R$ 4,155 bilhões, crescimento de 41,1% em relação ao quarto trimestre do ano anterior. Considerando o lucro recorrente, o retorno sobre o patrimônio líquido médio ficou em 22,5% no quarto trimestre, ante 24,5% em igual período de 2008. Já o retorno sobre o PL médio levando em conta o lucro contábil ficou em 56,8% entre outubro e dezembro do ano passado, ante 47,4% de igual período de 2008.


XEROX PROCESSA GOOGLE E YAHOO

A Xerox deu entrada em um processo sob a alegação de que vários serviços do Google, como o Google Maps, YouTube e AdSense, infringiram patentes que datam de 2001. A queixa se estende também ao serviço Yahoo Shopping. A Xerox, famosa pelas copiadoras mas também responsável por diversas inovações, como o uso corrente do mouse e o conceito de interfaces gráficas para sistemas operacionais, busca compensação financeira pela suposta infração de sua propriedade intelectual, além de exigir que as empresas acusadas parem imediatamente de utilizar a tecnologia de buscas em questão. As patentes da Xerox se referem à tecnologia que permite pesquisas em documentos e métodos de integração entre documentos e outros tipos de informações, como mapas e metadados. Uma porta-voz do Yahoo declarou que a empresa desconhece qualquer infração de patentes e que vai aos tribunais. Catherine Lacavera, representante legal do Google, afirmou que as queixas são totalmente infundadas e que a empresa se defenderá vigorosoamente.


CÉREBRO HUMANO TEM AVERSÃO À DESIGUALDADE, MOSTRA ESTUDO

O cérebro de uma pessoa "rica" se alegra quando um "pobre" ganha algum dinheiro, mas o cérebro do "pobre" não acha graça em ver o rico enriquecer ainda mais, o que sugere a presença de um instinto de aversão à desigualdade instalado na mente humana. "Ricos" e "pobres", no caso, são voluntários de um experimento envolvendo distribuição desigual de dinheiro e ressonância magnética, realizado por pesquisadores dos EUA e Irlanda e publicado na edição desta semana da revista Nature. "Nós vemos atividade em parte do cérebro associadas à resposta a recompensas quando voluntários observam a si mesmos ou outras pessoas recebendo vantagens monetárias em potencial", explica um dos autores do trabalho, John O'Doherty, do Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech). Na realização do estudo, voluntários, divididos em duplas, receberam US$ 30 cada e, em seguida, participaram de sorteios onde, dependendo do resultado, cada um foi designado "rico" (recebendo US$ 50 a mais) ou "pobre" (não recebendo nenhum dinheiro extra). Os voluntários das duplas foram então submetidos então a ressonância magnética funcional do cérebro, enquanto um pesquisador propunha novas transferências de dinheiro para  um ou outro membro, analisando a atividade de duas áreas - o estriato ventral  e o córtex frontal ventromedial - que reagem ao recebimento de recompensas. Tanto "ricos" quanto "pobres" tiveram aumento na atividade cerebral das regiões analisadas quando recebiam a proposta de obter mais dinheiro. No entanto, o cérebro dos "ricos" animava-se mais quando a proposta de ganho era feita ao "pobre" do que quando era dirigida a si mesmo. No caso dos participantes "pobres", o efeito era o oposto: a área de recompensa do cérebro era mais estimulada por ganhos próprios do que por pagamentos ao "rico". Além de se submeter à ressonância magnética, os participantes também responderam a questionários sobre a experiência. Ambos os grupos disseram valorizar as recompensas extras recebidas, embora os membros do grupo rico dessem menos valor a esses ganhos que os do grupo pobre. E, em contraste com os dados cerebrais registrados, os "ricos" responderam dizendo que davam mais valor aos pagamentos recebidos pessoalmente do que aos feitos aos "pobres". "Sim, isso é intrigante", diz O'Doherty, sobre a diferença entre a resposta verbal e a prevista pela ressonância. "Mas, claro, são esses enigmas que nos levam a realizar novas investigações. Minha intuição é de que, se pedíssemos às pessoas para realmente escolher entre várias transferências que variem no grau de aversão à desigualdade, poderíamos encontrar padrões de escolha parecidos com os que vimos no cérebro". Outra característica do estudo é o fato de ele evitar estabelecer qualquer tipo de competição ou custo para os participantes: nem "ricos " e nem "pobres" sofreram perdas quanto o outro grupo ganhava mais recursos. Mas essa situação não difere da percepção dos efeitos da desigualdade que existe na sociedade? "A razão pela qual não fizemos isso é que se um aumento na riqueza de um jogador estivesse associada a uma redução na de outro, então efetivamente um jogador estaria sendo punido e o outro recompensado", explica O'Doherty, acrescentando que isso complicaria o trabalho. "Estaríamos olhando para reações a recompensas a si mesmo e ao outro, e reações à punição de si mesmo e do outro", o que criaria a dificuldade extra de "desemaranhar" os diferentes impactos na atividade cerebral. Com a ressalva de que a evolução biológica de fenômenos com a aversão à desigualdade não é sua área de especialização, o cientista cita a necessidade de coesão dentro dos grupos humanos como uma possível causa desse mecanismo. Mesmo reconhecendo que os seres humanos competem e lutam entre si, ele pondera que "a presença de um certo grau de aversão á desigualdade pode ser um fator importante em moderar essa competição, reduzindo a probabilidade de que o excesso de competição faça com que os grupos se destruam por completo".


RÁPIDAS & CURTAS DO BORJÃO:


# A Arquidiocese do Rio cobra da Columbia Pictures o pagamento de uma indenização por uso indevido de imagens do Cristo Redentor no filme "2012", que é destruído no longa. As negociações começaram em dezembro, um mês após o lançamento do filme no Brasil, e prevêem também uma retratação pública.


# O compositor Aldir Blanc e o jornalista José Reinaldo Marques fizeram tabelinha para escrever "Vasco – A cruz do bacalhau", lançamento da Ediouro, os autores recorrem a fatos históricos, piadas, poemas, fotografias e diversas curiosidades para reconstituir a trajetória do Clube de Regatas Vasco da Gama, do Rio de Janeiro.


# A banda alemã de rock "Scorpions" encerra sua carreira de mais de quatro décadas. O grupo, conhecido por seu hit dos anos de 1990 "Wind of Change", entre várias outras canções de sucesso, disse em seu site que "nós concordamos que chegamos ao fim da estrada".Ela disse que encerraria sua carreira com um álbum final --"Sting in the Tail", a ser lançado em março-- e uma turnê que vai começar na Alemanha em maio e vai atravessar o mundo "por mais uns anos". A banda ressalta, no entanto, que "ainda possui a mesma paixão pela música que sempre teve" e que considera seu álbum final um dos "melhores já gravados". O guitarrista Rudolf Schenker fundou a banda em Hannover, em 1965. O cantor Klaus Meine se juntou a ela alguns anos depois. Ambos agora estão com 61 anos.


# FILOSOFIA DE BOTECO MADE IN "RABISCOS DO SAMUEL": E na parede do banheiro do bar estava rabiscado: Velho é aquele que quando jovem costumava ter quatro membros flexíveis e um duro. Agora tem quatro duros e um flexível.

INDICADORES DO BLOG


ARTE NO BLOG


A ARTE DE PAUL DELAROCHE



Câmara da Escola de Belas Artes, 1841


Em 1837 Delaroche recebeu uma encomenda de um trabalho com 27 metros de comprimento para o hemiciclo do auditório para conferências da École des Beaux Arts. Esse trabalho representa os grandes artistas da idade moderna reunidos em grupos, de cada lado de uma elevação central de degraus de mármore branco, no cimo do qual estão três tronos ocupados pelos arquitetos e escultores do Partenon.
   
Para suprir o elemento feminino nesta vasta composição, Delaroche inseriu musas, que simbolizam ou reinam sobre as artes, recostadas contra a balaustrada dos degraus, belas e majestosas imagens de estilo formal. 
   
Este trabalho grande e de muita projeção foi pintado a óleo numa parede interna. Terminou em 1841, e foi consideravelmente prejudicado  por um incêndio que ocorreu em 1855. O próprio Delaroche se encarregou de reparar os danos, mas morreu logo no começo da tarefa (4 de novembro de 1856). Robert Fleury se encarregou de acabar os trabalhos de restauração. 

RECEITA DO BLOG


CASQUINHO DE SIRI


 
Ingredientes para 8 porções

400g de carne de siri
2 colheres (sopa) de manteiga
1/2 xícara (chá) de creme de leite
2 dentes de alho amassados
1 pimenta dedo-de-moça pequena picada
1/2 cebola ralada
1/2 xícara (chá)de cheiro-verde picado
1 colher (chá) de sal
1/4 xícara (chá) de farinha de rosca
2 gemas
50g de queijo parmesão ralado
Suco de 1 limão



Modo de Preparo

Lave e escorra a carne. Tempere com o limão, o sal e a pimenta. Em uma panela, derreta a manteiga e acrescente a cebola, o alho e o cheiro-verde. Junte o siri, o creme de leite, as gemas e a farinha. Refogue por 10 minutos, mexendo sempre. Retire do fogo e coloque a mistura em recipientes individuais. Polvilhe o queijo ralado e leve ao forno médio, preaquecido, até gratinar.


Colaboradores

Culinarista: Foodlook   
Foto: Alfredo Franco

CIRCULA NA INTERNET


O PRESIDENTE DO IRÃ É UM CARA IRADO

IRÃ PELOS ARES - O anúncio foi feito no deck do primeiro destroier de fabricação iraniana capaz de lançar mísseis teleguiados e após a inauguração de uma usina de enriquecimento de urânio. Mahmoud Ahmadinejad, decidiu dar uma chance à paz. "Três segundos para essa pomba branca sumir daqui! E ainda nos chamam de intolerantes e radicais", afirmou o pacifista! 


IMAGEM DO DIA

 
Uma belíssima imagem aérea da Praia Água Belas em Cascavel - CE

PIADA DO BLOG


ESSES PORTUGUESES...


Em Lisboa, um brasileiro a passeio, resolveu comprar uma gravata. Entrou numa loja do Chiado e, além da gravata, comprou ainda um par de meias, duas camisas sociais, uma camisa polo esporte, um par de luvas e um cinto. Chorou um descontinho, e pediu para fechar a conta. Viu então que o vendedor pegou um lápis e papel e se pôs a fazer contas, multiplicando, somando, tirando porcentagem de desconto, e aí intrigado, perguntou:

- O senhor não tem máquina de calcular?

- Infelizmente não trabalhamos com eletrônicos, mas o senhor pode encontrar na loja justamente aqui ao lado...

TEXTO DO BLOG


EU ERA FELIZ E NÃO SABIA...

por José Antônio Oliveira de Resende*

Sou do tempo em que ainda se faziam visitas. Lembro-me de minha mãe mandando a gente caprichar no banho porque a família toda iria visitar algum conhecido. Íamos todos juntos, família grande, todo mundo a pé. Geralmente, à noite.

Ninguém avisava nada, o costume era chegar de pára-quedas mesmo.

E os donos da casa recebiam alegres a visita. Aos poucos, os moradores iam se apresentando, um por um.

- Olha o compadre aqui, garoto! Cumprimenta a compadre.

E o garoto apertava a mão do meu pai, da minha mãe, a minha mão e a mão dos meus irmãos.

Aí chegava outro menino. Repetia-se toda a diplomacia.

- Mas vamos nos assentar, gente. Que surpresa agradável!

A conversa rolava solta na sala. Meu pai conversando com o compadre e minha mãe de papo com a comadre. Eu e meus irmãos ficávamos assentados todos num mesmo sofá, entreolhando-nos e olhando a casa do tal compadre. Retratos na parede, duas imagens de santos numa cantoneira, flores na mesinha de centro... Casa singela e acolhedora. A nossa também era assim.

Também eram assim as visitas, singelas e acolhedoras. Tão acolhedoras que era também costume servir um bom café aos visitantes. Corno um anjo benfazejo, surgia alguém lá da cozinha? Geralmente urna das filhas? E dizia:

- Gente, vem aqui pra dentro que o café está na mesa.

Tratava-se de urna metonímia gastronômica. O café era apenas urna parte: pães, bolo, broas, queijo fresco, manteiga, biscoitos, leite... Tudo sobre a mesa. Juntava todo mundo e as piadas pipocavam. As gargalhadas também. Pra que televisão? Pra que rua? Pra que droga? A vida estava ali, no riso, no café, na conversa, no abraço, na esperança... Era a vida respingando eternidade nos momentos que acabam... Era a vida transbordando simplicidade, alegria e amizade...

Quando saíamos, os donos da casa ficavam à porta até que virássemos a esquina. Ainda nos acenávamos. E voltávamos para casa, caminhada muitas vezes longa, sem carro, mas com o coração aquecido pela ternura e pela acolhida. Era assim também lá em casa. Recebíamos as visitas com o coração em festa. A mesma alegria se repetia. Quando iam embora, também ficávamos, a família toda, à porta. Olhávamos, olhávamos... Até que sumissem no horizonte da noite.

O tempo passou e me formei em solidão. Tive bons professores: televisão, vídeo. DVD, e-mail... Cada um na sua e ninguém na de ninguém. Não se recebe mais em casa. Agora a gente combina encontros com os amigos fora de casa:

- Vamos marcar uma saída!... '? Ninguém quer entrar mais.

Assim, as casas vão se transformando em túmulos sem epitáfios, que escondem mortos anônimos e possibilidades enterradas. Cemitério urbano, onde perambulam zumbis e fantasmas mais assustados que assustadores.

Casas trancadas. Pra que abrir? O ladrão pode entrar e roubar a lembrança do café, dos pães. do bolo, das broas, do queijo fresco, da manteiga, dos biscoitos do leite....
Que saudade do compadre e da comadre!


(*) Professor de Prática de Ensino de Língua Portuguesa do Departamento de Letras, Artes e Cultura da Universidade Federal de São João DeI-Rei.

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

CITAÇÃO DO DIA

CHARGE DO DIA

RAPIDINHAS DO BLOG...

PETROBRAS VAI AO STF PARA MANTER LICITAÇÃO SIMPLIFICADA

A Petrobras entrou com um mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar manter a contratação de obras por meio de licitação simplificada. A ação da Petrobras contesta uma decisão do Tribunal de Contas de União (TCU), que julga ilegais contratos firmados por este meio. A companhia também pediu liminar para suspender, em caráter de urgência, a decisão do TCU, "diante das evidentes consequências de ordem econômica e política que serão suportadas não apenas pela impetrante e seus gestores, caso tenham de cumprir imediatamente a decisão acatada, mas também por toda a sociedade". Segundo comunicado do STF, este é o 12º pedido idêntico da estatal com o mesmo objetivo. A Petrobras alega, segundo o STF, que está dispensada de seguir as normas gerais sobre licitação no serviço público, já que passou a competir livremente no mercado após o fim do monopólio sobre o petróleo, depois da edição da Emenda Constitucional 9, de 1995. O chamado Procedimento Licitatório Simplificado foi criado pela Lei nº 9478/98 e regulamentado pelo decreto presidencial 2745. O argumento da estatal para sustentar sua tese é o de garantir condições para que possa atuar em um cenário competitivo, liberada dos encargos extra empresariais a que era submetida enquanto monopólio. Os contratos questionados pelo TCU referem-se principalmente a obras e serviços ligados a sistemas de segurança, de produção ambiental e de saúde nas atividades de exploração e produção de petróleo e gás natural. As empresas escolhidas foram a Altus Sistemas de Informática S/A, com sede em São Leopoldo (RS), e a ACES - AC Engenharia e Sistemas Ltda, com sede em Macaé (RJ). O TCU julgou em última instância que a Constituição Federal não recepcionou as disposições contidas no artigo 67 da Lei 9478/97 e julgou ilegal o decreto o 2745/98. A Petrobras alega, no entanto, que o TCU "exorbitou de sua competência nessa decisão, invadindo área de exclusiva competência do STF de declarar a inconstitucionalidade de lei ou ato normativo federal". Nesse sentido, a empresa cita precedente do julgamento do Recurso Extraordinário (RE) 240096, relatado pelo ministro Sepúlveda Pertence, em que a Suprema Corte decidiu que "só o Supremo e os Tribunais de Justiça têm competência para a declaração de ilegitimidade constitucional da lei".

PISTAS NO OCEANO ÍNDICO AJUDAM A PREVER EL NIÑO, DIZ ESTUDO

Pesquisar os padrões climáticos do Oceano Índico pode melhorar os sistemas de alerta para o El Niño, ajudando a salvar vidas e bilhões de dólares perdidos todos os anos devido ao mau tempo causado pelo fenômeno. Em um estudo publicado no jornal Nature Geoscience, pesquisadores do Japão e da França disseram que seus novos modelos de previsão do tempo podem antecipar o El Niño 14 meses antes de ele entrar em ação, muitos meses antes dos atuais métodos. "É importante porque ajuda a melhorar as previsões do El Niño. Isso pode salvar muito dinheiro na agricultura," afirmou por telefone o pesquisador-chefe, Takeshi Izumo, do Instituto de Pesquisa para o Clima Global em Yokohama, no Japão. O fenômeno El Niño é um padrão climático que ocorre periodicamente sobre o Oceano Pacífico e é conhecido pela destruição que causa, como enchentes, secas e outras formas de clima extremo. Países em desenvolvimento muito dependentes da agricultura e da pesca são os mais afetados, embora o El Niño de 1997-1998 tenha custado US$ 25 bilhões aos Estados Unidos, de acordo com a Administração Oceânica e Atmosférica Nacional. Izumo e seus colegas descobriram que o dipolo do Oceano Índico (IOD, na sigla em inglês), o equivalente ao El Niño nas águas situadas ao sul da Ásia, tem um papel na causa do fenômeno do Pacífico. "O IOD influencia grandemente a causa do El Niño (no ano seguinte). Nesse estudo, fizemos um modelo simples de previsão, incluímos o índice do IOD e temos uma previsão muito boa do El Niño para o ano seguinte," afirmou Izumo. A previsão precisa e precoce do El Niño pode ajudar a abrandar a destruição causada pelo fenômeno. "Devido às grandes consequências do El Niño no clima e ecossistemas globais, e suas fortes consequências socioeconômicas e ecológicas, a previsão do El Niño é importante para a prevenção de desastres e gerenciamento de consequências, e ajuda a reduzir as perdas relacionadas ao El Niño," concluiu Izumo.

POBREZA DEIXA MARCAS BIOLÓGICAS PERMANENTES NAS CRIANÇAS, DIZEM CIENTISTAS

A pobreza pode deixar profundos e permanentes efeitos biológicos em crianças pequenas que, quando adultas, correm mais riscos de sofrer problemas de saúde e ter renda mais baixa, revelou uma pesquisa apresentada no último fim de semana em San Diego, Califórnia. Cientistas americanos definiram "uma biologia da pobreza" entre adultos que passaram a infância em um ambiente de pobreza, principalmente entre aqueles que viveram na miséria antes dos cinco anos de idade, segundo o estudo publicado no domingo, na reunião anual da Associação Americana para o Avanço da Ciência (AAAS). "A pobreza tem o potencial de modificar profundamente a neurobiologia da criança pequena em desenvolvimento", e pode afetar diretamente toda a sua vida, afirma Greg Duncan, da Universidade da Califórnia. A primeira infância é um "momento crucial para estabelecer a arquitetura do cérebro que dá forma ao futuro cognitivo, social e de bem-estar emocional da criança", explica o estudo. "As crianças que crescem em um ambiente desfavorável mostram níveis desproporcionais de reação ao estresse, e isso é notado a nível de exames hormonais, neurológicos e de perfis epigenéticos", diz Thomas Boyce, da Universidade da Columbia Britânica, no Canadá. Para medir os efeitos socioeconômicos destes marcadores neurobiológicos da pobreza, os pesquisadores analisaram dados demográficos de 1.589 adultos nascidos entre 1968 e 1975, incluindo o nível de renda de suas famílias e os anos de educação alcançados, além de dados sobre sua saúde e antecedentes penais. "Diferenças notáveis" foram percebidas entre as vidas adultas daquelas crianças, de acordo com o nível socioeconômico antes dos seis anos. "Em comparação com crianças cujas famílias registravam renda pelo menos duas vezes mais alta que a linha de pobreza durante sua primeira infância, as crianças pobres tiveram dois anos a menos de escolaridade em média, trabalham 451 horas a menos por ano e ganham menos da metade", indica o estudo. Estas crianças também receberam de adultos mais de US$ 800 a mais por ano em cupons de alimentos, e foram duas vezes mais propensas a ter uma saúde em geral deficiente ou altos níveis de estresse psicológico. As crianças pobres também acabaram mais gordas que as ricas, assim como mais propensas a apresentar sobrepeso na vida adulta. Além disso, homens pobres desde a infância têm o dobro de chances de serem presos, e as mulheres, seis vezes mais chances de se tornarem mães solteiras. A pesquisa, a primeira com estas características realizada nos Estados Unidos, também demonstrou que se uma família pobre recebe US$ 3.000 por ano a mais por meio da assistência social do governo por ter um filho de menos de cinco anos, quando adulto esta criança ganhará 17% a mais e trabalhará 135 horas a mais por ano. "Este estudo prova que as políticas de bem-estar social dirigidas a famílias americanas pobres com crianças pequenas produzem resultados palpáveis". Segundo os autores do estudo, quatro milhões de crianças nos Estados Unidos viviam na pobreza em 2007. Para Jack Shonkoff, da Universidade de Harvard, a pesquisa oferece "uma oportunidade magnífica para aprender mais sobre a biologia da pobreza, que pode ajudar a desenvolver novas ideias e mitigar o impacto da precariedade no emprego e proteger melhor as crianças pequenas".

INDICADORES DO BLOG

RIVISTA DO "MINO"


Hermínio Macêdo Castelo Branco (Mino) é cearense, natural de Fortaleza. Filho de Francisca Macêdo e Raimundo Castelo Branco, nasceu no dia 3 de maio de 1944. Formado em Direito pela UFC (inscrito na OAB), a lista de suas atribuições é extensa: desenhista, artista plástico, cartunista, programador visual, projetista gráfico, poeta bissexto, livre pensador, autor de histórias, fábulas e contos infantis, ilustrador e publicitário. Trabalhando em agências de publicidade e colaborando com quase todos os jornais de Fortaleza, passou vários anos dedicado ao trabalho de criação de marcas, programação visual e projetos gráficos. Edita sua própria publicação mensal "RIVISTA", distribuída através da editora "RISO" (de sua propriedade) para vários colégios no Ceará. RIVISTA contém toda a diversificação de seu trabalho: fábulas, contos, frases, pensamentos, artigos, poesias, ilustrações e cartuns.

O "Blog do Borjão" em homenagem ao Mino disponibiliza às 5ª feiras o tópico "RIVISTA DO MINO".

SAÚDE NO BLOG

SE FEITO DE MODO ERRADO E EXCESSIVO, CLAREAMENTO PODE TRINCAR OS DENTES

As técnicas de clareamento dental disponíveis são basicamente duas: o "clareamento caseiro" e o chamado "laser". Pode-se usá-las tanto separadas quanto juntas. São seguras e dão bons resultados, contudo ninguém deve lançar mão delas sem a orientação de um dentista, porque, se utilizadas de maneira errada e/ou excessiva, podem danificar os dentes de modo irreversível.

por Sandro Moreno*

Com o passar do tempo, os dentes escurecem mesmo. A causa básica é uma alteração da estrutura dentária, que ocorre devido ao próprio envelhecimento. O canal interno dos dentes nos jovens é largo. À medida que os anos passam, parte do cálcio circulante na corrente sanguínea vai se depositando na parede dos dentes, chamada dentina, e levando à diminuição do espaço do canal. Quanto mais espessa a dentina, mais escuros os dentes.

Mas também corantes presentes em alimentos e bebidas podem escurecer os dentes. Os pigmentos dos corantes penetram no esmalte dental e alteram sua cor. Outras causas de escurecimento, enfim, são: cimentos endodônticos e amálgamas usados pelos dentistas nos restauros; a ingestão de medicamentos, em especial o antibiótico tetraciclina; os traumas em que há sangramento no interior dos dentes; e a nicotina e a fumaça do cigarro.

O escurecimento incomoda em especial as pessoas que, por sua atividade profissional, são obrigadas a cuidar mais da aparência. Felizmente, com a evolução da Odontologia, se criaram técnicas de clareamento. Pessoas que se sentem incomodadas devem mesmo clarear os dentes; afinal, faz bem para a autoestima e, pois, para a saúde. Mas não devem fazer isso sem a supervisão de um dentista, tanto porque pode não dar certo, quanto para não correr riscos. Para fazer clareamento não se pode ter problemas dentários, como cáries. E depois é necessário refazer as restaurações frontais para que fiquem na nova coloração dos dentes.

As técnicas de clareamento mais utilizadas hoje são duas: o "clareamento caseiro" e o "laser". A primeira consiste na confecção, pelo dentista, de um molde de silicone no formato das duas arcadas e no comprimento dos dentes. À noite, em casa, o paciente põe um gel de peróxido de carbamida fornecido pelo dentista nos moldes e o encaixa nos dentes. Ele dorme com os moldes na boca por quatro semanas e a substância vai clareando seus dentes. O uso do peróxido por mais de quatro semanas pode trincá-los. A vantagem do molde é que o paciente não utiliza nem engole a substância em excesso. Se ingerida em demasiada por longo tempo, ela estimula eventuais células cancerígenas existentes no organismo.

A segunda técnica é conhecida como "laser", mas na realidade não é laser. Consiste em recobrir a gengiva com uma resina protetora; passar um gel de peróxido de hidrogênio apenas sobre os dentes e aplicar luz ultravioleta de LED junto com um laser. A luz ativa o peróxido de hidrogênio e clareia os dentes; já o laser evita o excesso de sensibilidade que a técnica costuma causar. O clareamento é feito no consultório pelo dentista e cada sessão dura cerca de uma hora. São necessárias até três sessões para se atingir o desejado. Não se deve fazer mais do que três, pois há o risco de trincar os dentes. Pode-se repetir a técnica com intervalo de seis meses. O laser já foi usado em clareamento, mas o custo é tão elevado, com resultados iguais aos que se obtém pelas outras técnicas, que praticamente foi abandonado.

As duas técnicas dão os mesmos resultados. Se usadas juntas, proporcionam resultado mais efetivo e rápido. É importante destacar, finalmente, que não existe branqueamento dental, existe clareamento. E creme dental não clareia, mas pode ser empregado, depois do clareamento, para mantê-lo.

* Sandro Moreno (36), cirurgião dentista na capital paulista, é especialista em Prótese e Estética Dental e membro da Sociedade Brasileira de Odontologia Estética. Email: sandro@simplanodontologia.com.br

CIRCULA NA INTERNET

YES! I SPEAK ENGLISH VERRY WELL
 

IMAGEM DO DIA

Uma bela imagem da Praia de Quixaba em Aracati - CE

PIADA DO BLOG

A CALIGRAFIA DE UMA MIJADA

Uma manhã bem fria de inverno, o presidente Lula levantou cedo e começou a correr em volta da Granja do Torto, enquanto todo mundo ainda estava dormindo. Ao passar pela cerca externa ficou chocado ao ver a mensagem "Lula é Gay" escrita com urina sobre a parede da residência oficial. O presidente ficou puto da vida com o cara com a infâmia cometida debaixo de seu nariz. Chamou imediatamente o chefe da Abin e ordenou uma rigorosa investigação para descobrir o autor da sacanagem.

- Não economize - ordenou o presidente - Acione a FAB, a Marinha e o Exército. Ponha os homens para trabalhar dia e noite, use o cartão corporativo, faça exame de urina em todos os ocupantes do governo que freqüentam minha casa. Traga peritos em grafotécnica, chame o Protógenes, faça tudo o que for necessário, mas me traga o nome deste cretino.

Os agentes da Abin foram todos convocados. Trabalharam freneticamente 24 horas por dia, investigando todo mundo, efetuando toda espécie de testes secretos. E finalmente, após três dias, eles tinham a resposta. O chefe da Abin encontrou o presidente tomando um drink e assando uma picanha na sua churrasqueira, e disse que tinha más notícias.

- E então? - perguntou o presidente - descobriu quem é o cafajeste?

- Sim, Presidente.

- E quem é ele? Me fale logo !

- Bem, Sr.. Presidente, após testes de urina feitos em todos os frequentadores da Granja do Torto, constatamos que pertence ao José Dirceu.

- Meu Deus! - gritou o presidente - Zé Dirceu fez isso? Zé Dirceu, meu ex-ministro, homem de minha inteira confiança ? Não posso acreditar!

- Bem, a notícia, na realidade, é pior que isso, Sr. Presidente - disse o chefe do serviço secreto.

- O quê? Pior do que isso? O que pode ser pior do que um velho companheiro escrever um insulto contra mim com a própria urina?

- É que a "caligrafia" é da Dilma!

TEXTO DO BLOG

UMA DERROTA A CADA 26 SEGUNDOS

por Daniel Campos

A cada 26 segundos, chore por uma criança sul-africana, pequena e indefesa. A cada 26 segundos, lamente pelas meninas sul-africanas despetalas do mundo da delicadeza. A cada 26 segundos, emudeça ou grite diante de tamanho horror e tristeza.

A cada 26 segundos acontece um estupro na África do Sul. São mulheres e homens, incluindo crianças e bebês sendo violentados em ritmo de epidemia.

O sonho de Nelson Mandela das pessoas compreenderem que foram feitas para viver como irmãos é ignorado a cada 26 segundos.

A cada 26 segundos no palco da Copa do Mundo de 2010 não se comemora um gol, chora-se um estupro.

Enquanto muitos torcerão pelos seus times, uma legião de meninas continuará sendo estuprada segundo a crença de que fazer sexo com uma virgem pode curar o homem da AIDS.

Impossível aplaudir o fair-play dentro de campo quando do lado de fora estupros corretivos são praticados contra mulheres homossexuais e detentos com AIDS são obrigados a estuprar companheiros desobedientes.

Será difícil gozar de estádios que custaram alguns bilhões de dólares sabendo que ao término dos 90 minutos de cada partida haverá duzentas e tantas novas vítimas de violência sexual.

Chocado? Pois parece que nem o mundo nem a África estão preocupados com isso.

Basta lembrar-se do participante de uma versão africana do Big Brother que estuprou uma interna e defendeu sua atitude dizendo: "Bem, isto é a África".

Que África é essa que detém o maior índice de estupros do mundo? Que África é essa em que uma menina de apenas uma semana de vida é estuprada?

É uma África onde um em cada quatro homens assume já ter estuprado alguém.

É uma África onde apenas 7% dos estupros denunciados resultam em condenação e 90% das vítimas se calam.

A África que está prestes a receber camisas de diferentes cores e escudos é a mesma que força suas mulheres a usarem uma camisinha com farpas chamada Rape-aXe.

Ideais de masculinidade? Questões culturais? Bruxarias? Tensões políticas? Caos social?

Tão inexplicável quanto o estupro é a banalização que cresce em torno dele.

A anfitriã da próxima Copa sofre uma derrota a cada 26 segundos.

Depois da questão racial, a África do Sul precisa de um novo Mandela que chame para si a batalha contra essa tragédia sexual.

Enquanto isso não acontece...

A cada 26 segundos, reze pelas crianças sul-africanas feridas em sua inocência.

A cada 26 segundos, aterrorize-se com a força bruta sem clemência.

A cada 26 segundos, chore de impotência.

Daniel Campos é poeta, escritor, jornalista pós-graduado em Comunicação Criativa pela ABJL e autor do portal de poesia e literatura www.danielcampos.biz/

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

CITAÇÃO DO DIA


CHARGE DO DIA


RAPIDINHAS DO BLOG...


ROTAS DO VINHO E DO AZEITE DE PORTUGAL SE UNEM PARA GANHAR FORÇA

Através de um projeto promissor, Portugal pretende unir o Douro a região de Trás-os-Montes e Alto Douro para criar rotas turísticas de vinho e azeite. Em 2009, o azeite Trás-os-Montes foi classificado como um dos melhores azeites de mundo no Premio Mario Solinas, um dos mais prestigiados do mundo. Já o Douro é a região vinícola demarcada mais antiga do mundo, que produz principalmente Vinho do Porto. A iniciativa veio a partir do surgimento de várias rotas turísticas em torno de seus produtos, dentre os quais destacam-se os já citados. Segundo Jorge Morais, da Rota do Azeite de Trás-os-Montes, "o objetivo é a internacionalização das rotas do Douro, levar o Douro e o patrimônio de Trás-os-Montes e Alto Douro além fronteiras". O projeto, que terá como lema "O Douro, as Rotas e Mundo", recebeu um investimento de 400 mil euros. Os promotores pretendem que as rotas do Douro marquem presença na imprensa internacional, já tendo programado convites a jornalistas estrangeiros, que devem conhecer a região e seus diferentes atrativos.


UMA HORA DE SESTA PODE DEIXAR AS PESSOAS MAIS INTELIGENTES

Um estudo da Universidade californiana de Berkeley revela que uma hora de sesta pode tornar as pessoas mais inteligentes, pois serve para despejar a mente e melhorar a capacidade de aprendizagem. "O sono não só cura o mal-estar do cansaço prolongado mas, em nível neurocognitivo, leva além de onde a pessoa estava antes de tirar uma sesta", explica Mattew Walker, professor de psicologia nessa universidade americana e principal autor da pesquisa. A descoberta reforça a hipótese de que o sono facilita o armazenamento da memória a curto prazo e permite espaço para novas informações, assegura Walker, que apresentou neste domingo, 21, seu estudo preliminar no encontro anual da Associação Americana para o Avanço da Ciência (AAAS na sigla em inglês) em San Diego (Califórnia). Para chegar a essa conclusão, os cientistas tomaram como amostra 39 adultos saudáveis, que foram divididos em dois grupos: os que tiram uma sesta e os que não. Durante um dia estas pessoas foram expostas a dois exercícios de aprendizagem para colocar à prova o hipocampo, uma região do cérebro que ajuda a armazenar memórias sobre eventos. Uma delas foi realizada ao meio-dia, quando ainda os resultados obtidos por ambos os grupos não foram muito díspares. Às duas da tarde, apenas um dos grupos dormiu noventa minutos e em seguida todos foram submetidos a uma segunda rodada de exercícios, onde pôde se observar que os piores resultados correspondiam aos que não tinham tirado a sesta. Segundo Walker e sua equipe de pesquisadores, permanecer muitas horas acordado leva a que nossa mente funcione a um ritmo mais lento. Concretamente, passar a noite acordado faz cair em quase 40% a capacidade para empreender novas atividades devido à paralisação de algumas regiões do cérebro durante um período de falta de sono para a pessoa. A equipe de Walker se propôs agora averiguar se a redução do tempo de sono com o avanço da idade está relacionada com a perda de capacidade de aprendizagem que acontece conforme fazemos anos. Descobrir se existe ou não conexão pode ser útil para entender como acontecem os processos neurodegenerativos como a doença de Alzheimer, segundo Walker.


BRASIL AINDA TEM UM DOS CELULARES MAIS CAROS DO MUNDO

O preço pago por um brasileiro por um telefone fixo caiu 63% e o do celular 25% em um ano. Mas, ainda assim, o País tem um dos custos mais altos do mundo em telecomunicações. O alerta faz parte do estudo anual produzido pela União Internacional de Telecomunicações sobre tecnologias da informação e que mostra que o País pena para ganhar espaço em termos de capacidade de telecomunicações. O Brasil subiu de forma marginal no ranking que mede a preparação de cada país em termos de tecnologia de comunicação, passando do 61º lugar para o 60º entre 2008 e 2009. Mas o País ainda não voltou à posição que detinha em 2002, quando estava entre as 50 economias mais competitivas nesse setor. O motivo da queda seria a relativa baixa educação da população, inclusive para usar as novas tecnologias. Outro fator é o custo ainda cobrado por operadoras que prestam serviços de comunicações. Segundo a UIT, o preço médio do celular no Brasil caiu em 25% em comparação à renda da população. A taxa de queda foi exatamente a que se verificou na média mundial. Hoje, um brasileiro gasta em média 5,66% para usar o serviço, contra 7,5% em 2008. A taxa é mais de cinco vezes a que operadoras cobram na Europa e apenas 40 países de um total de 161 economias analisadas tem celulares mais caros que o Brasil, quase todos as economias mais pobres do mundo. Em Mianmar, por exemplo, o custo do celular chega a 70% da renda média de um cidadão. Entre 2008 e 2009, o Brasil foi um dos 20 países que mais cortou custos com celulares. Mas, ainda assim, todos os países dos Brics e todos os sul-americanos pagam menos pelo celular que os brasileiros. A Bolívia é a única na região que tem um celular mais caro. Macau, Hong Kong, Dinamarca e Cingapura são os locais mais baratos para o celular, onde o serviço é responsável por meros 0,1% da renda média. Apesar disso, o Brasil viu uma explosão no número de assinantes de celulares. Hoje, 78% dos brasileiros tem um celular, conta 63% em 2008. Em 2002, essa taxa era de 19,5%. O Brasil acompanhou a tendência mundial. No final de 2009, 4,6 bilhões de celulares estavam em funcionamento no planeta, contra 1,3 bilhão de telefones fixos. No Brasil, o preço do telefone fixo ainda sofreu a segunda maior queda no mundo entre 2008 e 2009. A redução foi de 63%, superado apenas pela Rússia. O custo médio passou de 5% da renda de uma família para 2,1% em 2009. Diante da queda, o número de telefones aumentou. Em 2007, eram 20% da população com telefone fixo. Em 2008, chegou a 21,7%. Mas 85 países ainda praticam tarifas mais baratas que a do Brasil.

INDICADORES DO BLOG

CINEMA NO BLOG


TARDE DEMAIS PARA ESQUECER



titulo original: (An Affair to Remember)
lançamento: 1957 (EUA)
direção: Leo McCarey
atores: Cary Grant , Deborah Kerr , Richard Denning , Neva Patterson , Cathleen Nesbitt
duração: 115 min
gênero: Romance

Ficha Técnica

título original:An Affair to Remember
gênero:Romance
duração:01 hs 55 min
ano de lançamento:1957
site oficial:
estúdio:20th Century Fox Film Corporation
distribuidora:20th Century Fox Film Corporation
direção: Leo McCarey
roteiro:Delmer Daves, Donald Ogden Stewart e Leo McCarey, baseado em estória de Leo McCarey e Mildred Cram
produção:Jerry Wald e Leo McCarey
música:Hugo Friedhofer
fotografia:Milton R. Krasner
direção de arte:Jack Martin Smith e Lyle R. Wheeler
figurino:Charles Le Maire
edição:James B. Clark


Sinopse:

Nickie Ferrante (Cary Grant) é um playboy mulherengo, que é considerado o solteiro mais cobiçado da atualidade e está para se casar com Lois Clark (Neva Patterson). Terry McKay (Deborah Kerr) é uma ex-cantora que também está de casamento marcado, com Kenneth Bradley (Richard Denning). Ambos estão em um cruzeiro que parte da Europa rumo a Nova York, no qual se conhecem. Nickie e Terry se apaixonam mas, como ambos têm relacionamentos com outras pessoas, combinam de se encontrar 6 meses após a chegada da viagem, no alto do Empire State. Neste período eles poderão acertar suas vidas e, caso se reencontrem, se casar.

Curiosidades:

- Ingrid Bergman era a 1ª escolha para a personagem Terry McKay;

- Os personagens Nickie e Terry fazem a promessa de se reencontrarem daqui a 6 meses exatamente na metade da duração do filme;

- Nas cenas de canto Deborah Kerr foi dublada por Marni Nixon, que já havia feito o mesmo com a participação da atriz em O Rei e Eu (1956);

- O lançamento de Sintonia de Amor (1993), que possui referências a Tarde Demais para Esquecer, fez com que ressurgisse o interesse pelo filme nos Estados Unidos. Isto fez com que fossem vendidos mais 2 milhões de fitas VHS do filme;

- Refilmagem de Duas Vidas (1939) e refilmado como Love Affair - Segredos do Coração (1994).

PARA O WEB LEITOR DO BLOG, DISPONIBILIZAMOS OS CLIPES A SEGUIR:

 






TURISMO NO BLOG


SAINT PETERSBURG TEM TRANQÜILIDADE, PRAIA E CULTURA NA COSTA OESTE DA FLÓRIDA 


A pequena e pacata cidade da península de Pinellas, às margens da baía de Tampa, tem uma agradável mix de beleza natural e de museus, sob o sol quase permanente da Flórida. O lugar não "segura" muitos dias de permanência, mas vale a pena ser visitado. A península, que separa a baía de Tampa do golfo do México, tem 56 km de costa, como a Fort De Soto Park, que foi considerada em 2005 a melhor praia dos EUA. Como em quase toda a costa da Flórida, há muitas oportunidades para praticar esportes aquáticos, como pesca, parasailing, windsurfe e mergulho. E quem gosta de apenas curtir o clima de praia tem muitas opções na chamada "Sunshine City" e na região, como a John's Pass Village and Boardwalk, o Baywalk e a pirâmide invertida do píer (onde o agito noturno é garantido no bar Coconut Grove, que só peca pelo cardápio latino fake). No Brooker Creek Preserve Environmental Education Center há mostras de ciências naturais e história.

Museus

Além das praias, a cidade abriga um trio de museus de primeira classe, dignos de grande cidade. Eles ajudaram a tornar o local, tradicionalmente apreciado apenas pelos "snowbirds" (idosos do norte dos EUA e da Europa que "fogem" da neve no inverno), atraente para um público mais jovem e eclético.O xodó é o museu Salvador Dalí, fundado em 1982. À beira-mar, ele reúne o maior acervo do pintor surrealista fora da sua Espanha natal. Incervo inclui 95 pinturas a óleo, mais de cem aquarelas e desenhos, além de esculturas, fotografias e documentos. Parte do acervo costuma ser emprestada para mostras sobre Dalí ao redor do mundo. Na entrada do prédio, a "gift shop" é um espetáculo à parte, com artigos (um pouco caros, aliás) que dialogam com muito bom humor com a arte de Dalí (1904-1989). O pessoal do museu costuma dizer que, com seu aguçado instinto comercial, o espanhol iria aprovar a loja se estivesse vivo. Também à beira-mar está o museu de Belas Artes, sediado num prédio de estilo mediterrâneo e aberto ao público desde 1965. Ele abriga desde peças da antigüidade grega e romana até obras da arte européia dos séculos 19 e 20, passando pela arte pré-colombiana, da Ásia e da África. Fechando o trio, tem o moderno museu Internacional da Flórida, de 1995, que, além de abrigar exposições itinerantes, exibe uma coleção de objetos relacionados à família Kennedy. O ambiente cultural é complementado por uma série de pequenas galerias independentes, um respeitado museu do holocausto, um museu infantil (o Great Explorations) e muitas livrarias e sebos. E as calmas ruas do centro têm uma variedade de cafés e restaurantes saborosos, refletindo a diversidade cultural da Flórida. Se o banho de cultura ainda não foi suficiente, basta cruzar a ponte Howard Frankland e visitar o Museu de Arte da vizinha cidade de Tampa, que tem uma bela coleção de arte norte-americana dos anos 20.

CIRCULA NA INTERNET

ARRUDA É TRANSFERIDO PARA OUTRA CELA...


IMAGEM DO DIA

Uma bela imagem da Praia de Pirangi em Natal - RN

PIADA DO BLOG


EM UMA AUDIÊNCIA DE UM TRIBUNAL ACONTECE CADA UMA

Advogado : Doutor, antes de fazer a autópsia, o senhor verificou o pulso da vítima?
Testemunha: Não.
Advogado : O senhor verificou a pressão arterial?
Testemunha: Não.
Advogado : O senhor verificou a respiração?
Testemunha: Não.
Advogado : Então, é possível que a vítima estivesse viva quando a autópsia
começou?
Testemunha: Não.
Advogado : Como é que o senhor pode ter a certeza?
Testemunha: Porque o cérebro do paciente estava num jarro sobre a mesa.
Advogado : Mas ele poderia estar vivo mesmo assim?
Testemunha: Sim, é possível que ele estivesse vivo e estudando o curso de Direito em algum lugar!!!

TEXTO DO BLOG


DROGAS: A CONSTRUÇÃO DO CONSENSO

 





por Joaquim Falcão


Esta semana, na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), pode ocorrer um encontro entre o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e Luiz Paulo Barreto, atual Ministro da Justiça do governo do presidente Lula.
Um encontro pelo menos inusitado em época de crescente campanha eleitoral. E mais: também deverão estar presentes deputados do PT e do PSDB, e o governador Sérgio Cabral, do PMDB.
O tema é legislação para combate ao tráfico de drogas. O possível encontro tem pelo menos três simbolismos importantes.
Primeiro, realiza-se na Fiocruz, uma das instituições científicas de maior credibilidade não só do Brasil, mas do mundo. Um encontro com sentido não-partidário, reunindo líderes partidários.
O presidente da Fiocruz, Paulo Gadelha, é também presidente da Comissão Brasileira sobre Drogas e Democracia. O conhecimento científico pode colaborar na formulação de políticas públicas adequadas para o tratamento dos usuários. Além de fundamentar legislação e estimular o debate não-emocional.
O Ministro Luiz Paulo Barreto, carioca de origem, economista de formação, faz sua primeira viagem oficial ao Rio de Janeiro exatamente para enfrentar um dos principais problemas de competência do Poder Executivo Federal: o combate ao tráfico internacional de drogas e de armas. É simbólico.
Segundo, evidencia que mesmo entre líderes partidários existem certas convergências que não dependem de partidos, segmentos, classes, grupos ou governos.
São convergências supra-partidárias. Interesse do Estado e não dos governos. Nas últimas eleições presidenciais, a questão da segurança pública não teve a prioridade que teve então educação, saúde e emprego, por exemplo.
Nas próximas eleições, entretanto, a segurança pública tende a ser a principal preocupação do eleitor. Os governos vão ser julgados pelo que fizeram na segurança pública. Os candidatos serão avaliados pelo que propuserem para a segurança pública.
Terceiro, a convergência dos divergentes é a melhor evidência da prática da democracia. Não existe democracia sem divergência, pluralismo. Evidentemente que cada um tem suas prioridades e acredita que o seu é o melhor caminho. Mas debater é preciso. Democracia não é apenas eleição. É também o diálogo dia-a-dia das políticas.
Dois pontos principais serão objetos da reunião. O primeiro é a necessidade de bem caracterizar a organização criminosa. Para melhor punir. É o projeto de lei sobre organizações criminosas recém aprovado no Senado e que agora irá para a Câmara.
O projeto tornará mais fácil o trabalho da polícia, do delegado, do Ministério Público e do juiz, que poderão  focar naqueles que realmente merecem punição: as organizações para a prática de crimes.
O outro ponto: a definição da fronteira entre ser usuário, ser pequeno traficante ou ser uma organização criminosa para o tráfico de drogas.
Hoje, se um jovem é pego com dois cigarros de maconha, por exemplo, fica sujeito não só à apreensão da droga pelo policial para perícia, mas também a uma verdadeira Via Crúcis.
O policial ou o delegado pode registrar a ocorrência através de boletim, determinar a prisão do jovem até que seja feita a perícia na droga, o caso pode envolver o Ministério Público, a Defensoria Pública e advogados.
Será mais um processo que um juiz terá que julgar. O jovem com dois cigarros de maconha passa a engrossar as estatísticas do Ministério da Justiça, que dizem que dos mais de 80 mil presos, 70% são primários.
Durante esse calvário, o jovem dos dois cigarros de maconha pode ser mantido preso, como traficante, sem direito à liberdade. Pode ser submetido a todas as consequências que o precário sistema prisional brasileiro implica. Para muitos uma máquina de fazer criminosos, não de punir ou corrigir.
Se for estabelecido previamente um critério para classificar o que é uso, o que é pequeno tráfico e o que é criação de organização criminosa para o tráfico, esses problemas deixaráo de existir.
A lei não pode permitir que situações como essas aconteçam. Precisa, de antemão, trazer segurança para a sociedade. Trazer segurança para a sociedade é trazer segurança para todos, até mesmo para a mãe do jovem detido com dois cigarros de maconha. O que pensaria essa mãe?
Seria justo tratar seu filho da mesma forma como se deve tratar um grande traficante?
É preciso separar o joio do trigo, o grande traficante do usuário. É preciso um acordo legislativo estratégico para que os projetos de lei tratando do tema mais rapidamente caminhem.
O combate ao tráfico não pode ser uma questão dicotômica: legalizar ou não. Ele não comporta soluções simples. Soluções simples e opções radicais, em geral, são erradas.
O processo tem que se amparar em consenso acumulativos, experimentais, e em uma avaliação rigorosa e permanente. O encontro desta semana faz parte desse processo de consenso acumulativo.

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

CITAÇÃO DO DIA


CHARGE DO DIA


RAPIDINHAS DO BLOG...


ARTISTA INGLÊS CRIA PINTURAS A PARTIR DE DISQUETES 
 
Diversos artistas já utilizaram a tecnologia como inspiração, como aqueles que criaram a Mona Lisa a partir da reunião de placas-mãe. Agora, o artista londrino Nick Gentry transformou os já esquecidos e ultrapassados disquetes em tela para quadros. Gentry diz que o mundo todo sempre confiou nesses formatos de mídia e que, agora, eles se tornaram obsoletos, sendo substituídos por uma "infinidade inatingível" de arquivos de dados. O artista questiona ainda a compatibilidade do homem com sua própria tecnologia. Inspirado pelo mapa mundial feito inteiramente de antigas partes de computador criado pelo artista brasileiro Vik Muniz, o inglês adotou os disquetes como seu meio, usando os discos como uma grade para criar "photo-fits", construindo rostos imaginários e identidades que poderiam fazer conexões com as informações armazenadas nos discos, por exemplo, um hub circular na parte de trás do disquete serviu como metáfora de um olho humano, explica. O número de discos varia em cada quadro. Os menores podem usar apenas seis discos, enquanto quadros maiores são compostos por 100 ou mais. "Eu peço às pessoas para doarem seus discos através de meu website, mas os consigo principalmente comprando", contou o artista ao site Wired, complementando que os objetos são relativamente baratos, já que são inúteis para a maioria das pessoas. Para criar uma peça, o artista inicia um esboço preparatório que é mapeado em uma grade, com cada seção do tamanho de um disco. A tinta spray é aplicada nos disquetes com um stencil, para presenvar a etiqueta e o slider de metal. Os discos são, então, colocados nas áreas de acordo com sua tonalidade, quase como pixels, criando uma colagem, diz o artista. É utilizada, então, tinta óleo para finalizar os detalhes da obra. O site do artista (http://shop.nickgentry.co.uk/) disponibiliza as obras para venda, Os valores dos quadros variam entre 300 libras a 700 libras (aproximadamente R$ 870 a R$ 2 mil).


Você sabia que a Internet é o maior cemitério de Blogs e sites dos mais diferentes gêneros? Se fossem retirados os sites e blogs inativos da rede seriam mais de 90%, é isso mesmo segundo pesquisas. Tem gente escrevendo para ninguém a não ser para eles mesmo. Só quando coloca um contador de visitas é que sente o drama. Não tem visita alguma ou alguns gatos pingados que chegam por engano ou atendendo um convite. As três coisa mais difíceis de um site ou blog na Internet.
1ª Ser visitado no site uma vez por um visitante.
2ª Ser visitado a segunda vez pelo mesmo visitante.
3ª Ser visitado a terceira vez ainda pelo mesmo.
As pessoas criam um site ou blog e logo enchem de banner's de publicidade achando que vão faturar os tubos. Se não tem visitantes como faturar? Publicidade em site funciona mais ou menos assim: é como você convidar alguém para visitar sua casa, e a pessoa lá chegando depois de tantos convites, você antes de mostrar sua casa, convida seu visitante a conhecer a casa dos vizinhos dos tais Banner's, e lá vai o visitante embora, por certo nunca mais voltara. A internet tem milhões de opções e as pessoas muito pouco tempo para navegar. O site ou blog precisa ter conteúdos variados ou segmentado num assunto com conteúdo bem amplo, para que o visitante navegue o maior tempo possível dentro do seu site, e sinta-se motivado à voltar em outra oportunidade. O Internauta deve não se iludir com publicidade que só beneficia o anunciante , e ele fazendo isso de graça, torna-se mais um "Babacabanner's" do mundo virtual.
Anúncios só funcionam quando o site tem um numero considerável de visitas e um ou dois patrocínios exclusivos que lhe renda uma receita fixa e comissionada. A cada 100 site ou blog que passa a ser monitorado por um contador de visita, em 90 dias, 80% vão ficar desatualizados e fazer parte do grande cemitério virtual. Cai a ficha. Faça uma comprovação, visitando vários blogs aleatoriamente e comprove as ultimas atualizações. Sendo assim, melhor que seu diário seja exclusivamente com coisas suas e de seus interesses sem mandar seus visitantes para ver coisas muito mais interessante em outros lugares, que você mesmo esta convidando para irem conhecer. Ninguém volta a um site ou blog, só porque ele é bonitinho, ou esta todo colorido de anúncios. Volta se tiver conteúdo que lhe interessa. A internet é uma caixinha mágica, cheia de caminhos e surpresas. É ainda uma criança se mostrando ao mundo e dando seus primeiros passos. (Rivalcir)


CRESCE 26% NÚMERO DE DOADORES DE ÓRGÃOS NO BRASIL

O Brasil registrou em 2009 número recorde de doadores de órgãos. Foram 1.658, ou 8,7 doadores por milhão da população (ppm). Isso representa um crescimento de 26% em relação ao ano anterior (7,2 ppm) e supera a meta da Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO), que era de 8,5 ppm. O número de transplantes de rim - órgão cuja fila de espera é a mais longa no País - também superou a meta. Foram 4.259 cirurgias, 12,5% a mais que em 2008. Os resultados, segundo a ABTO, são os melhores já alcançados. O balanço completo dos transplantes realizados em 2009 será divulgado pela entidade amanhã. "Se for mantido o empenho de todos os setores envolvidos, podemos alcançar em 2010 a meta de 10 doadores por milhão e de 4.800 transplantes renais", afirma o presidente da ABTO, Ben-Hur Ferraz Neto. Ele atribui o avanço no número de doadores ao trabalho de capacitação que vem sendo realizado com os profissionais de saúde, principalmente com os médicos que fazem a identificação de possíveis doadores e o intermédio com a família. Mas o crescimento ainda é pequeno para atender a demanda de mais de 60 mil brasileiros que esperam por um órgão. Na Espanha, por exemplo, o número de doadores chega a 36 ppp. Nos Estados Unidos é 26. "No Brasil as distorções regionais são imensas. Os Estados de São Paulo e Santa Catarina têm índices de países desenvolvidos. Já na região Norte, apenas Acre e Pará tiveram doadores falecidos em 2009", conta Ferraz Neto. Santa Catarina registrou o índice de 19,8 doadores ppm e São Paulo saltou de 12,2, em 2008, para 17,5 - alta de 43%. Em Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte e Rio Grande do Sul houve queda.