Seja bem vindo ao "Blog do Borjão"

sábado, 31 de julho de 2010

DICA DO BORJÃO






A "Dica de do Borjão" de hoje, 31/07/2010, é a belíssima música "Summer Holliday" (Férias de Verão) com Terry Winter, cujo nome verdadeiro era Tommy Standen. Ele era paulista e pertencia a uma família de origem britânica. O auge de sua carreira foi na década de 70, no movimento conhecido por rock da garoa. Seu maior sucesso foi a música Summer Holliday, cujo disco vendeu mais de 600 mil cópias. Faleceu em São Paulo, aos 57 anos, de derrame cerebral, numa quarta-feira 23 de Setembro 98. Um bom final de semana para vocês e até a próxima Dica do Borjão. 


sexta-feira, 30 de julho de 2010

CITAÇÃO DO DIA


"As pessoas me perguntam se posso dizer-lhes como fazer para que seus sonhos se tornem realidade. Minha resposta é: façam-no por meio do seu trabalho." (Walt Disney (1901-1966), produtor de cinema americano)

CHARGE DO DIA


RAPIDINHAS DO BLOG...


NEUROCIENTISTA BRASILEIRO RECEBE US$ 2,5 MILHÕES PARA PESQUISA NOS EUA

O neurocientista brasileiro Miguel Nicolelis, do Centro Médico da Universidade Duke, na Carolina do Norte, foi um dos vencedores do Prêmio Pioneiro 2010, oferecido pelos Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos. Nicolelis entra no rol dos 81 cientistas já agraciados com o prêmio, criado em 2004. É também o primeiro brasileiro a recebê-lo. O Prêmio Pioneiro é considerado um dos mais prestigiosos para pesquisadores da área biomédica nos EUA. Além do prestígio, o prêmio representa um aporte de US$ 2,5 milhões em fundos de pesquisa para o laboratório de Nicolelis. Os recursos devem estimular nos próximos cinco anos a pesquisa do brasileiro, que desenvolve interfaces cérebro-máquina. O pesquisador pretende usar a verba para avançar essa linha de pesquisa, que busca descobrir os princípios neurofisiológicos básicos em circuitos neurais capazes de gerar comportamentos sensórios e motores. Uma das metas de longo prazo da pesquisa é criar próteses de corpo inteiro ligadas ao cérebro. Isso permitiria que pacientes com graves problemas de paralisia pudessem retomar sua mobilidade por meio de interfaces entre seu cérebro e as máquinas.

CRESCEM AS VENDAS DOS ULTRAPORTÁTEIS

Mesmo disputando espaço com os já tradicionais notebooks e com os recém-chegados tablets, como o iPad, o netbook encontrou seu lugar no mercado brasileiro. Criado para atender a necessidade de portabilidade de seu público-alvo -como estudantes e profissionais liberais-, o produto acabou difundido entre diversos perfis de usuários. Os netbooks são definidos como computadores ultraportáteis. Com peso de aproximadamente 1 kg e tela de até 12,1 polegadas, apresentam menor custo que seu irmão maior, o notebook, além de mais autonomia da bateria. Em contrapartida, trazem uma capacidade limitada de processamento e não vêm com leitor ou gravador de CD, DVD ou Blu-ray. Entre o fim de 2009 e o início de 2010, os netbooks se aproximaram de 10% das vendas de computadores no Brasil, segundo Luciano Crippa, analista da IDC (International Data Corporation). Considerando apenas portáteis, foram pouco menos de 20% das vendas. Estima-se que, em 2011, haverá mais portáteis que desktops vendidos no país. "No primeiro trimestre de 2010, o número de vendas quase dobrou em relação a 2009", diz Crippa. Agora, o caminho é um pequeno crescimento seguido pela estabilização. "Em 2009, muita gente comprou um netbook acreditando que aquele fosse o sucessor do notebook, mas não é o caso", afirma o diretor de pesquisa da empresa de consultoria ITData, Ivair Rodrigues. Segundo ele, as consideráveis diferenças entre os dois produtos garantem espaço para ambos no mercado. E, em 2010, o consumidor tem maior consciência dessas distinções, e passa a comprar o produto mais adequado a suas necessidades.

A VIOLÊNCIA NA FRONTEIRA DE EUA E MÉXICO É MITO OU REALIDADE?

Nos Estados Unidos, os temores de que a violência dos cartéis de drogas mexicanos possa cruzar a fronteira americana reaqueceu o debate a respeito de controle sobre imigração. Mas será mesmo verdade que os assassinatos estariam espalhando-se pelo país ou o aumento da violência não passa de um mito? A cidade texana de El Paso é ligada por uma ponte que cruza o Rio Grande a sua vizinha mexicana Juarez, considerada um dos lugares mais perigosos do mundo. Nos últimos dois anos, mais de 5.000 pessoas foram mortas em Juarez, ao mesmo tempo em que crimes relacionados com o tráfico de drogas aumentou. Políticos, como o procurador-geral do Texas, Greg Abbott, costumam descrever a situação de cidades fronteiriças como se estivessem à beira de uma crise. "Esse tipo de crime ocorre diariamente. O governo federal tem que responder de modo mais efetivo, reforçando a segurança na fronteira para evitar o derramamento de mais sangue americano". "É mais perigoso andar nas ruas de Juarez, a poucas quadras de El Paso, do que nas de Bagdá. Há um problema muito sério que começa a se avolumar em nossas fronteiras e coloca em risco vidas americanas", disse Abbot à rede de TV dos EUA Fox News. O governador do Texas, Rick Parry, disse que o envio de 1.200 policiais federais para a cidade, ordenado em julho pelo presidente Barack Obama, seria "totalmente insuficiente". Mas o prefeito de El Paso, John Cook, não concorda. "A realidade é que não precisamos de ajuda deste lado da fronteira. Temos provavelmente todo tipo de polícia federal que você possa pensar. Somos uma comunidade extremamente segura", disse Cook. Segundo o FBI, El Paso é a segunda cidade americana mais segura. Os índices de criminalidade caíram 36% nos últimos 10 anos. Outras cidades próximas à fronteira, como San Diego, na Califórnia, e Phoenix, no Arizona, também registraram declínio nos índices de violência. Além do aumento do número de policiais na cidade, uma extensa barreira de mais de 3.000 km e de até 5,5 metros de altura em vários pontos está sendo construída para monitorar a fronteira dia e noite. Só no trecho em torno de El Paso, existem 2.700 policiais monitorando a fronteira, além de agentes federais, agentes secretos e policiais da divisão de entorpecentes. O prefeito e a polícia acreditam que os barões do tráfico não têm interesse em levar a violência para os Estados Unidos. Eles sabem que a resposta do governo americano seria rápida e pesada, prejudicando sua capacidade de contrabandear drogas para o lucrativo mercado americano. Então, com o declínio dos índices de criminalidade e estabilidade na fronteira, como esta cidade texana relativamente segura se viu no centro de um debate político sobre violência e de que forma o governo do presidente Barack Obama pretende lidar com isso? O historiador David Romo diz que, em épocas de dificuldades econômicas, fronteiras e os imigrantes que as cruzam são usados como bodes expiatórios. "Acontece todo ano de eleição, eles (os políticos) sabem que criar medo e histeria a respeito das fronteiras rende votos", diz Romo. Enquanto a violência continuar em Juarez, pior o panorama se torna para El Paso, apesar das baixas taxas de criminalidade. O prefeito alega ter dificuldade em atrair novas empresas para a região. "Os empresários não querem saber se somos a segunda cidade mais segura do país. Cabe a nós convencê-los, mas a tarefa é difícil". Por enquanto, não há muito mais que o prefeito Cook possa fazer além de esperar.

RÁPIDAS & CURTAS DO BORJÃO:

# Na visita do Borjão em Mossoró-RN na semana passada, curtiu um bom papo na "Confraria Política" no Restaurante Candidu's, sábado 24/7, com a presença do Professor Walter Fonseca, Elviro Rebouças, Ciro Lima, Anchieta Medeiros e Rútilo Coelho. O papo todo voltado para a política mossoroense e claro de todo o Rio Grande do Norte. O Borjão ficou atualizado e forneceu aos presentes as informações políticas do Estado do Ceará. No final foi sentida as ausências do mano Chico Borges, Fernando Rosado e Pedro Almeida.

# De uma coisa o Borjão tem absoluta certeza, a cerveja mais gelada do "Nordeste" é servida no Restaurante Candidu's na minha bela Mossoró-RN. Quem quiser comprovar é só visitar Mossoró e agradecer ao Borjão pela boa informação.

# A candidata à Presidência, Dilma Rousseff (PT) afirmou nesta semana que é "constrangedora" a estratégia do PSDB e do DEM de atacar o governo Lula por fingimentos em época de eleição. Dilma disse que os adversários usam discurso de que são "razoáveis e pessoas do diálogo" para tentar evitar desgastes com os eleitores diante dos resultados positivos do governo Lula. "Em muitos momentos fizeram oposição ao governo e ao presidente Lula muito desrespeitosa. Quando chega a eleição, que coisa constrangedora, como é visível que o governo é bem avaliado, que o presidente tem recordes de aprovação pelos brasileiros e brasileiras, começam a se fingir de muitos razoáveis, de pessoas do diálogo. Eles não foram as pessoas do diálogo", afirmou. A Candidata acusou novamente seu adversário José Serra (PSDB) de pregar a política do medo, como ocorreu na disputa eleitoral de 2002 com o presidente Lula.

# FILOSOFIA DE BOTECO MADE IN "RABISCOS DO SAMUEL" (http://rabiscosdosamueljunior.blogspot.com/): E na parede do banheiro estava rabiscada uma frase de Millôr Fernandes: "Eu sou totalmente a favor da mãe solteira. Porque também sou frontalmente contra o pai casado."

INDICADORES DO BLOG

 


ARTE NO BLOG


PINTURA CUBISTA


 Mulher e menino . Fernand Léger . Museu da Basiléia 

 Natureza morta - ou Le Jour. Georges Braque . Galeria Washington, Nacional


Como senhoritas de Avignon. Pablo Ruiz Picasso . Museu de Arte Moderna , Nova York


Nos primeiros anos do cubismo, a pintura se caracterizou pela redução rígidas das formas geométricas de tudo o que fosse representável. Tudo o mais foi deixado de lado, em favor da revalorização dessas formas. Foi assim que se pintaram casas sem portas e janelas sem e com tão pessoas uma mão ou um apenas olho. As cores ocres utilizadas ascéticos eram , marrons e verdes com uma função principal de remodelar a formas. Os cubistas também recolocaram telas temas como perspectiva e luz. Mas nada se distanciou tanto das teorias do renascimento. em suas obras demonstram que os artistas rejeitavam deliberadamente uma criação de um ponto matemático a partir do qual o observador pudesse contemplá-las. Como figuras se superpõem e se projetam umas sobre as outras. Nem definida uma luz tem fonte constantemente e muda de direção. O volume foi cedendo importância à plasticidade. Como figuras planas e se tornaram tensas. As cores se perderam em transparências, quase chegando à monocromia, e já não se consegue diferenciar o corpo do espaço contém o que muito vivas em sua fase segunda, o cubismo começa a se interessar pelas diferentes texturas e materiais, produzindo colagens originais, de núcleos, volume e do espaço são apenas pequenos e leves com insinuados traços de sombra. Corre o ano de 1911, e os cubistas agora que são mais que um grupo respeitável de artistas, não se apresentaram no "salon des indépendants" despertando todo tipo de expectativa. Esse grupo de revolucionários carregados de entusiasmo e idéias novas agitaria não tão o panorama artístico parisiense como fazer o resto do Mundo. Definitivamente, já nada voltará a ser igual na arte da história, a partir desse momento significativo.

RECEITA DO BLOG


RECEITA DE ASINHA VERDE


INGREDIENTES PARA 06 PORÇÕES

1 colher (sopa) de óleo
6 asinhas de frango
1 maço de salsa picado
1 cebola pequena em pedaços
4 dentes de alho
3 colheres (sopa) de manteiga
Sal a gosto


MODO DE PREPARO

Aqueça o óleo em uma frigideira e refogue as asinhas por 10 minutos ou até dourar. Cubra com água, acrescente sal e cozinhe por 15 minutos ou até amaciar e secar toda a água. Bata no liquidificador ou no processador a salsa lavada (cabinhos também), a cebola e o alho ou bata tudo muito bem com a faca. Em uma frigideira, derreta a manteiga e junte a mistura batida. Frite em fogo baixo até o alho e a cebola ficarem levemente dourados, mas sem queimar. Despeje sobre as asinhas douradas e macias e transfira para uma travessa de servir.

COLABORADORES

Culinarista: Mariana Maluf Boszczowski   
Foto: Stela Handa

CIRCULA NA INTERNET


MOÇA PEDE AJUDA NA WEB PARA TURBINAR SEIOS E PROMETE MOSTRAR RESULTADO

 
Sarah O'Brien, uma jovem irlandesa de 21 anos tá doidinha para dar uma turbinada nos seios, mas para isso precisa desembolsar cerca de 12.200 reais para a cirurgia, dinheiro que ela não tem. Sarah então recorreu ao site myfreeimplants.com pedindo ajuda para poder realizar seu desejo de colocar silicone nos seios. O site funciona da seguinte forma: Para as interessadas, basta ficar online e esperar o contato de homens, que estão atrás de fotos e conversas picantes. Se algum cara gostar da conversa da moça ele contribui para a cirurgia. Quanto mais exposição ela fizer, mas chances tem de conseguir realizar a cirurgia estética tão sonhada. Sarah já conseguiu 300 libras (815 reais). Ela diz estar está animada, embora ache os frequentadores do site bem estranhos, porém garante que irá mostrar o resultado após deixar os seios turbinados.

IMAGEM DO DIA

Uma bela imagem das jangadas na pitoresca Praia da Lagoinha - Ce

PIADA DO BLOG


MAIS UMA DO JOÃOZINHO "O SÁBIO"

Joãozinho estava na porta do cinema querendo entrar para ver um filme impróprio para menores de 14 anos, mas o guarda não deixava de jeito nenhum o Joãozinho entrar.
Ele pediu:
- Deixa eu entrar, seu guarda!?
O guarda:
- Nem pensar! Já tá tarde e você é muito novo para assistir esse filme!
Então Joãozinho anda para lá e para cá mas Insistindo para entrar o guarda não deixa, até que ele dá um cuspe para cima e deixa cair na sua cabeça.
O guarda estranha sua atitude e pergunta:
-- Porque você está fazendo isso,menino!?
- Deixa eu entrar, que eu te conto!
- Nem pense nisso!
- Tá bom! Você é quem sabe!
E continuou ele, cuspir para cima e deixar cair na cabeça ...
O guarda insistiu:
- Por quê você faz isso, menino!?
- Deixa eu entrar que eu te conto!
- Pare com isso garoto! Você não vai entrar!
Continuou ele cuspindo e deixando cair na cabeça até que o guarda não aguentou mais e disse:
- Tá bom pode entrar, mas me diga logo porque está fazendo isso!?
- Primeiro eu vou assistir o filme e depois eu conto!
Ao sair do cinema, o guarda chama Joãozinho:
- Ei! Volte aqui! Agora já assistiu o filme, então me conte o seu segredo!
- É que ontem à noite eu ouvi minha irmã dizer para o namorado dela: - Cospe na cabeça que entra. E não é que dá certo!?

TEXTO DO BLOG


ELEITORES OU CANDIDATOS?

por Ateneia Feijó*


Pegou mal a recusa de Dilma Rousseff e José Serra de exercitarem a democracia no ciberespaço. Com desculpas chochas, negaram-se a participar do primeiro debate on-line organizado pelos portais IG, MSN, Terra e Yahoo! com os candidatos à presidência da República. Marcado para ontem, o debate acabou cancelado. Que pena, logo neste meio de comunicação em que o público é mais participativo.
Para compensar, Marina Silva se dispôs a ser sabatinada por jornalistas no estúdio Terra TV, respondendo a todas as questões enviadas pelos internautas. Fez diferença... E mostrou respeito aos eleitores brasileiros. Segundo pesquisa realizada em dezembro de 2009 pelo Ibope/ Nielsen, existem 67,5 milhões de internautas no Brasil. Dilma e Serra os esnobaram. Parecem ignorar que nosso país já é o quinto em volume de conexões à internet.
É chocante como os principais candidatos a presidente e a governadores queiram usar os meios de comunicação apenas para sua conveniência, ignorando a demanda dos eleitores. Será que passaram a viver a "síndrome do artista"?
Ou seja, a viver para aquele momento da campanha gratuita na televisão, encenada e gravada com esmero? Enaltecendo os "artistas" a fim de transfigurá-los, como nas histórias infantis, de ogros ou ogras em príncipes ou princesas. Parece que sim. Acreditam os candidatos-atores que isso funciona.
Obedientes às regras do marketing eleitoral, eles se apresentam com produção impecável: figurino, expressão corporal, olhar, sorriso, impostação de voz, discursos persuasivos com recheios numéricos e imagens sedutoras. E as idéias? Ah. Também devem ser lançadas, assim e assado, com emoção para impressionar o cliente. Desculpem, queria dizer, o eleitor.
Imagine a essa altura dos acontecimentos um candidato bem posicionado nas pesquisas ter que se sujeitar a debates. Ter de dar respostas e explicações a eleitores que querem conhecê-lo como é na realidade; e sob pressão. Obrigado a raciocinar rápido, a recorrer à memória, a enfrentar situações e perguntas desconfortáveis, a mostrar presença de espírito, bom humor e compostura; apesar das gotas de suor ou da tosse nervosa.
Não, não é para qualquer um. Sei disso. É para candidatos a governantes do Brasil. Estudantes passam por vestibulares; funcionários públicos, por concursos; trabalhadores de empresas privadas, por testes seletivos. Então, os cidadãos e as cidadãs que disputam cargos como presidência da República e governo de estados precisam passar pela avaliação dos eleitores. Ora...
Mas debates não são como os programas pasteurizados de propaganda, nem como os comícios para os quais há um figurino e um discurso conforme a platéia. Neles, eleitores de todo o Brasil teriam a chance de ver, por exemplo, o candidato surpreendido com uma questão, sem tempo de ensaiar uma resposta enganosa. Identificaria, com menos dificuldade, aquele (ou aquela) mais à vontade numa discussão de idéias, sincero nas propostas (possíveis)... Quem sabe? Sacaria o ou a "confiável".
Ah, além disso, os candidatos teriam o mesmo tempo para falar. Talvez esteja aí o maior receio dos fujões de debates. Porém, esse tipo de atitude é desrespeitoso com o eleitorado. As normas de uma campanha eleitoral deveriam beneficiar a quem? Os eleitores ou os candidatos?
   
(*) Ateneia Feijó é jornalista

quinta-feira, 29 de julho de 2010

CITAÇÃO DO DIA


"Desconfio muito de que netos são melhores que namorados, pois que as violências da mocidade produzem mais lágrimas do que enlevos." (Rachel de Queiroz (1910-2003), escritora cearense)

CHARGE DO DIA


RAPIDINHAS DO BLOG...


GALERIA DA NASA REÚNE AS 45 MELHORES FOTOS DE MARTE JÁ FEITAS

Está online, no site da Nasa, a galeria Mars As Art (Marte Como Arte), que reúne as 45 mais belas fotos já tiradas do planeta Marte, escolhidas por artistas e fotógrafos a partir de 5.000 imagens indicadas por cientistas, feitas por sondas dos Estados Unidos e da Agência Espacial Europeia (ESA). O planeta vermelho vem sendo estudado por sondas orbitais e por robôs na superfície há mais de 40 anos. As primeiras tentativas, realizadas por União Soviética e EUA entre 1960 e 1964, não obtiveram sucesso. A primeira sonda a passar por Marte e realizar estudos do planeta foi a americana Mariner 4, que passou por Marte em 1965 e fez as primeiras fotos próximas do planeta - 22 imagens ao todo. Os primeiros artefatos humanos a pousar em Marte foram as sondas Viking 1 e 2, dos Estados Unidos, que chegaram à superfície marciana em 1976. Desde então, cerca de 14 outras missões foram enviadas a Marte por EUA, Europa, Japão e União Soviética/Rússia. Dessas, sete foram bem-sucedidas.


GOOGLE APPS MAIS SEGURO

O Google lançou uma versão especial de seu software online que está de acordo com as rigorosas exigências de segurança do governo norte-americano, em busca da liderança entre concorrentes para fornecer novas tecnologias para órgãos dos governos federal e estaduais dos Estados Unidos. A gigante de internet afirmou nesta segunda-feira ser a primeira empresa a oferecer e-mail, calendário e outros serviços online, ou "em nuvem", com certificação pelo governo dos EUA de que seus sistemas e práticas estão de acordo com centenas de controles de segurança exigidos pelo governo federal. O lançamento da nova versão do Google Apps coincide com negociações da empresa com autoridades da cidade de Los Angeles para lidar com questões de segurança relacionadas ao contrato de fornecimento de um software online para funcionários da prefeitura. O Google afirmou que está trabalhando com a prefeitura de Los Angeles nas exigências de segurança e funcionalidades do produto.

GOVERNO NÃO VAI ALTERAR REGRAS DO CÂMBIO, DIZ MANTEGA

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse que, no médio prazo, o déficit nas transações correntes deve levar a uma depreciação do real, mas considerou que o fenômeno ainda não ocorre porque o País continua recebendo volumosa quantidade de investimentos estrangeiros em portfólio no mercado financeiro, nas compras de títulos e de ações. "O déficit deveria puxar uma desvalorização (do câmbio), mas há outros fatores, como o fluxo financeiro para o Brasil, que sustenta oferta de dólares para o mercado", disse. Mantega acrescentou que, apesar do descompasso entre a tendência de queda no real e a formação de preços futuros, o governo não irá alterar nenhuma regra para regular o câmbio. "Não estamos pensando em mexer nos mecanismos regulatórios", afirmou. Para o ministro, a adoção da cobrança do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) na entrada de capitais no País cumpriu o objetivo de conter a volatilidade do câmbio e evitar uma apreciação exagerada do real. Apesar de afirmar não enxergar uma forte ação especulativa, Mantega defendeu a ação do Banco Central (BC) no mercado futuro de câmbio, seja por meio de operações de swap (troca), seja por meio da limitação da exposição dos bancos. "Sou favorável à atuação do BC, quando oportuna", completou. O ministro da Fazenda avaliou ainda que a economia brasileira tem "facilmente" potencial para crescer "7%, 8%", mas o governo não deixa essa expansão ocorrer para não provocar problemas "preocupantes" para as contas externas. "A gente não deixa a economia crescer muito. A economia facilmente conseguiria crescer 7% e 8%. É uma economia que tem força, potencial de dinamismo, mas não deixamos, para não ter problemas de déficit mais preocupantes e desequilíbrios entre importações e exportações", disse. Na avaliação do ministro, o déficit em conta corrente do balanço de pagamentos do Brasil com o exterior ocorre também em função de maiores investimentos. "Esse déficit significa que estamos investindo mais. Isso é positivo", destacou Mantega. Segundo ele, o déficit em transações correntes tem ocorrido com superávit comercial, o que não aconteceu em alguns momentos do passado. "O nível de investimento significa que estamos usando o déficit para investimento. Isso é bom porque investimento gera exportação", disse Mantega. Ele acrescentou que as empresas também regulam as suas atividades externas de acordo com o mercado interno. "Quando o mercado interno está bombando, elas preferem colocar as suas mercadorias no mercado interno do que no externo. Mas se o nível de crescimento do mercado interno diminui, aí as empresas vão buscar mais no mercado externo", afirmou. O ministro da Fazenda disse que resolveu comentar o resultado das contas externas para fazer uma avaliação mais aprofundada, diante das manchetes dos jornais que mostraram uma deterioração do déficit da conta corrente. "Às vezes, os jornalistas tendem a dar uma visão mais apimentada, senão não despertaria atenção", disse. Ele avaliou, no entanto, que o resultado não é alarmista e que a situação das contas externas é confortável. Mais uma vez, lembrou que a economia brasileira tem a menor vulnerabilidade já alcançada pelo País.

INDICADORES DO BLOG


RIVISTA DO "MINO"

Hermínio Macêdo Castelo Branco (Mino) é cearense, natural de Fortaleza. Filho de Francisca Macêdo e Raimundo Castelo Branco, nasceu no dia 3 de maio de 1944. Formado em Direito pela UFC (inscrito na OAB), a lista de suas atribuições é extensa: desenhista, artista plástico, cartunista, programador visual, projetista gráfico, poeta bissexto, livre pensador, autor de histórias, fábulas e contos infantis, ilustrador e publicitário. Trabalhando em agências de publicidade e colaborando com quase todos os jornais de Fortaleza, passou vários anos dedicado ao trabalho de criação de marcas, programação visual e projetos gráficos. Edita sua própria publicação mensal "RIVISTA", distribuída através da editora "RISO" (de sua propriedade) para vários colégios no Ceará. RIVISTA contém toda a diversificação de seu trabalho: fábulas, contos, frases, pensamentos, artigos, poesias, ilustrações e cartuns. O "Blog do Borjão" em homenagem ao Mino disponibiliza às 5ª feiras o tópico "RIVISTA DO MINO".

SAÚDE NO BLOG


AVANÇO NO TRATAMENTO DO LÚPUS PERMITE QUE PORTADOR VIVA MELHOR

O lúpus, uma doença auto-imune, se caracteriza pela produção pelo organismo de substâncias que atacam órgãos vitais como pele, coração, rins, pulmão, articulações e olhos, inflamando-os e causando lesões nos tecidos. É mais comum na população feminina. Ainda não tem cura, mas já pode ser controlado com remédios, proporcionando aos portadores melhor qualidade de vida.

por Eloisa Bonfá*

Lúpus é uma doença auto-imune na qual o organismo produz anticorpos que atacam os próprios tecidos. A substância pode atingir qualquer órgão, como pele, articulações, rins, coração, fígado, pulmão, cérebro e olhos. Em 90% dos casos, porém, ataca a pele e as articulações.

Manifesta-se em especial na população feminina em idade fértil; a proporção é de nove para um, ou seja, a cada homem atingido existem nove portadoras. A explicação pode estar no hormônio feminino, reconhecido como um fator ambiental importante que pode não só desencadear a doença como também induzir a recaídas. Pessoas que têm casos de lúpus na família apresentam maior risco de desenvolvê-lo. Nos Estados Unidos, é mais frequente nos afroamericanos, depois nos hispânicos e, por último, nos brancos. Infelizmente, não há estatísticas sobre a doença no Brasil. Sabe-se, contudo, que é rara. Só para se ter uma ideia, hoje cerca de 1200 pacientes são atendidos gratuitamente no Hospital das Clínicas, em São Paulo. O serviço público de saúde, como se vê, já tem tratamento gratuito de lúpus. Nesse caso, é importante consultar um reumatologista, o especialista nessa doença. Uma alternativa é procurar os grandes hospitais ou os ligados às Faculdades de Medicina existentes nas capitais e em grandes cidades Brasil afora.

Não é fácil diagnosticar a doença, porque ela pode ser confundida com muitas outras. A comprovação é feita com exame clínico e de sangue, por meio do qual se detecta a presença dos anticorpos. Entre os sintomas mais comuns estão: lesões na pele, especialmente em regiões expostas como o rosto; sensibilidade aumentada ao sol; dores articulares e inflamação em especial nos punhos e nas articulações das mãos. O diagnóstico fica mais difícil quando a doença ataca apenas um órgão ou apresenta sinais e sintomas inespecíficos, como fadiga ou queda de cabelo. Às vezes ela se manifesta, por exemplo, por meio da inflamação de uma membrana do coração; outras vezes, simplesmente por psicoses como a depressão. Nesses casos, é comum a demora na confirmação do diagnóstico.

Até os anos 1950, quem tinha lúpus era estigmatizado. Também nessa época, metade dos portadores morria em cerca de cinco anos. A doença ainda pode matar, mas o diagnóstico precoce e a melhora no tratamento aumentaram bastante a sobrevida, que hoje chega a mais de 10 anos em 90% dos casos. O tratamento atual consiste no uso de glicocorticoides e imunossupressores. Os primeiros provocam muitos efeitos colaterais, como diabetes, catarata e aumento da pressão arterial, além de elevarem o risco de fraturas. Algumas dessas complicações felizmente podem ser minimizadas; para reduzir o risco de fratura, por exemplo, se indica a ingestão de vitamina D e cálcio.

Outra novidade, que surgiu nos últimos anos, é a chamada terapia dirigida. São novos medicamentos que combatem células específicas, poupando as demais e prejudicando menos a imunidade do paciente. Um dos benefícios dessa terapia é que provoca menos infecções, uma das principais causas de morte de portadores. Todas essas medidas objetivam aumentar a qualidade de vida dos pacientes.

* Eloisa Bonfá (CRM 42708) é médica reumatologista chefe do Ambulatório de Lúpus do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, na capital paulista, e professora titular da Disciplina de Reumatologia da mesma entidade de ensino. Email: reumato@usp.br

CIRCULA NA INTERNET


SOLUÇÃO PARA AQUECER SEU INVERNO – MULHER FEIJOADA 

IMAGEM DO DIA

Uma belíssima imagem em uma das regiões do Delta do Parnaíba -PI

PIADA DO BLOG


MAIS UMA DO SÁBIO "JOÃOZINHO"

Mariazinha, a irmã do Joãozinho, estava tendo a sua primeira e precoce menstruação, aos nove anos de idade. Em desespero, prestes a chorar, pede auxílio ao irmão já que a mãe não está em casa.
- Joãozinho, Joãozinho, socorro, me ajuda!
- O que foi?!?!?!
- Olha só!!! Estou sangrando!!! Não sei porque...
Joãozinho, muito prestativo, abaixa-se diante da irmã para examinar o local do "evento". Após alguns instantes de detida análise, do auge de sua experiência de quase 7 anos de idade, declara apavorado:
- Puta merda! Teu pau caiu !!!!

TEXTO DO BLOG


A CADEIA PRODUTIVA DA CARNAÚBA











por Luís Gonzaga Araújo e Costa*

A cadeia produtiva brasileira da carnaúba está basicamente concentrada nos estados do Piauí, Ceará e Rio Grande do Norte. A atividade extrativista da carnaúba continua com características primárias em seu processo produtivo. O setor que, durante a década de 70, teve o auge da produção, permanece sendo explorado por agricultores rurais (arrendatários de áreas de carnaubais) de baixa renda, com reduzidos investimentos em evolução tecnológica, impedindo assim, o contínuo aumento da produção de pó cerífero e da cera. Além disso, há anos que grande parte das áreas dos carnaubais vem sendo substituída pelas atividades da cerâmica, fruticultura e carcinicultura, dentre outras.
Em função disso, nos últimos 10 (dez) anos, a produção nacional de cera de carnaúba não teve alterações significativas, situando-se entre 16.500 e 18.500 toneladas por safra, com maior participação do estado do Ceará, que responde por mais de 50% da produção. Esses dados são estimados com base na demanda externa, que absorve mais de 80% da safra, enquanto que para o consumo interno são demandadas, em média, 3.500 toneladas/ano.
O estado do Ceará se destaca como o maior produtor e exportador brasileiro de cera de carnaúba. Isto é devido à concentração de um maior número de indústrias de processamento e tradicionais empresas exportadoras, e ainda, em face das favoráveis condições portuárias, já que a maioria das exportações do produto originário de outros estados sai de seus portos, o que contabiliza grandes números para o Ceará.
O estado do Piauí é o maior produtor nacional de pó cerífero. Entretanto, a maior parte da produção dessa matéria-prima é escoada para o estado do Ceará, onde é feito o beneficiamento da cera. O Rio Grande do Norte fica como intermediário, cuja produção de pó e cera de carnaúba tem sua importância econômica, já que 85% da sua produção (cera) vão para o mercado externo.
O pó cerífero, principal matéria-prima para o beneficiamento da cera, quando é extraído da parte central das folhas novas da carnaubeira, é denominado de "pó de olho" ou pó tipo A, que produz a cera clara, de cor amarelo-ouro, com valores comerciais elevados. Já o "pó de palha" ou pó tipo B é extraído de toda a extensão das folhas, produzindo a cera gorda, com coloração amarelo-alaranjada ou preta.
As folhas (fibras ou palhas) da carnaúba, cujo corte é realizado durante o período da safra, que vai de julho até dezembro de cada ano, produzem o pó cerífero que, industrializado, é transformado em cera, com inúmeras aplicações econômicas. Além disso, a fibra (palha) vem se constituindo como uma importante matéria-prima para a consolidação do mercado de produtos artesanais e outros fins, inclusive com eficiência na confecção de material isolante utilizado pela Petrobras no revestimento dos dutos condutores de vapor, protegendo-os dos agentes naturais (sol, chuva e vento) e minimizando a perda de calor.
Já a cera de carnaúba participa na formulação dos diversos produtos feitos pelas indústrias farmacêuticas, cosméticas, fonográficas, de informática e na fabricação de produtos de limpeza, entre outros empregos industriais.
Embora a cadeia econômica da produção de cera de carnaúba venha se mantendo em processo de decadência desde a década de 80, acentuando-se a partir de 1995, justamente quando o produto alcançou maiores preços, a atividade oriunda da extração da carnaúba ainda continua tendo relevante importância social para a economia dos estados produtores, gerando a ocupação, em toda cadeia produtiva para mais de 60.000 famílias de baixa renda.
Não obstante, permanece delicada a situação da cadeia produtiva da carnaúba, quando são identificadas inúmeras limitações de oportunidades para o seu desenvolvimento, dentre elas, destacam-se a necessidade de fixar áreas de reservas para evitar que os carnaubais sejam dizimados, sobretudo nas regiões dos vales onde há maior concentração da planta; tornar ativa a política de capacitação do produtor rural e; intensificar o movimento de integração entre os elos da cadeia produtiva. 

(*) Administrador Especialista em economia agrícola - Pós-graduação em agronegócio

quarta-feira, 28 de julho de 2010

CITAÇÃO DO DIA


"Ver todo um mundo num grão. E um céu em ramo que enflora. É ter o infinito na palma da mão e a eternidade numa hora." (William Blake (1757-1827), poeta e pintor inglês)

CHARGE DO DIA


RAPIDINHAS DO BLOG...


GRUPO AVALIARÁ CONDIÇÕES DE ENERGIA PARA COPA DE 2014

O governo criou nesta semana um grupo de trabalho coordenado pelo Ministério de Minas e Energia que terá a função de avaliar as condições do fornecimento de energia elétrica nas 12 capitais que serão sedes de jogos da Copa do Mundo de 2014. "O grupo vai avaliar a necessidade de serem feitos complementos para aumentar a segurança e evitar interrupções nas sedes", disse o diretor-geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Hermes Chipp, após participar de reunião do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE), que criou o grupo. Ele explicou que, subordinado ao grupo de trabalho, haverá força-tarefa capitaneada pela ONS e pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE) que trabalhará conjuntamente com as distribuidoras e secretarias de Energia dos Estados para fazer o levantamento. A expectativa é de que, até o final do ano, essa avaliação seja concluída.


ESTUDO DESVENDA AÇÃO DO VENENO DE JARARACA NO LOCAL DA PICADA

Além do efeito tóxico que atinge o corpo todo e é combatido pelo soro antiofídico, o veneno das cobras botrópicas, a família das jararacas, tem uma ação específica no local da picada que pode causar inflamação, hemorragia e, em alguns casos, levar à necrose e à amputação da parte atingida. Pesquisa encabeçada por cientistas brasileiros mostra que uma proteína envolvida no efeito local, a jararagina, acumula-se junto aos vasos sanguíneos, danificando-os e precipitando a hemorragia. Essa descoberta pode apontar o caminho para novos tratamentos.A jararagina já havia sido isolada em 1991, explica a principal autora do trabalho, Cristiani Baldo, do  Laboratório de Imunopatologia, Instituto Butantã. Mas só agora seu mecanismo de ação foi observado e comprovado. "Injetamos a proteína, marcada, em camundongos e vimos que ela se localiza bem perto do vaso sanguíneo, e degrada o vaso", disse. Uma possibilidade de tratamento aberta pelo estudo, publicado no site PLoS Neglected Tropical Diseases, seria o uso, em combinação com o soro antiofídico, de inibidores de metaloproteinase, a classe de proteínas a que a jararagina pertence. "Mas é preciso estudar qual o inibidor mais adequado, ver se os inibidores não teriam um efeito ruim na saúde", alerta a pesquisadora. "Tudo começa na pesquisa básica, mas para chegar a um tratamento são necessários mais estudos, num processo de anos". Dados do Ministério da Saúde dão conta de que, no Brasil, em 2008, ocorreram cerca de 26.900 acidentes envolvendo cobras venenosas, sendo mais de 70% deles com cobras da família das jararacas. Das picadas de jararaca, sequelas relacionadas a complicações locais, como as causadas pela jararagina, aparecem em 10% dos casos. Em todo o mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), estima-se que 5 milhões de pessoas sofram picadas de cobra a cada ano, com 2,5 milhões de envenenamentos. O total estimado de mortes é de 100.000, e o de amputações e outras complicações causadas pelas picadas chega a 300.000.


ESTADOS UNIDOS AFROUXAM COPYRIGHT

Nos EUA, não é mais ilegal fazer o desbloqueio (jailbreak) do seu iPhone ou quebrar a proteção contra cópias de um DVD, desde que os propósitos sejam educativos ou jornalísticos – de fazer uma resenha de um produto ou serviço, por exemplo. Essas alterações na lei foram aprovadas hoje. As situações mencionadas agora foram incluídas no chamado Fair Use ("uso justo"), um conceito da legislação norte-americana que permite o uso de material protegido por direitos autorais sob certas cirunstâncias. O U.S. Copyright Office (a agência norte-americana de direitos autorais) revisa a legislação de copyright a cada três anos, para fazer correções e atualizações. Dessa vez, as mudanças dizem que estão isentas de processo as seguintes situações:
- Quebrar a proteção de um DVD obtido legalmente para uso educacional ou de crítica jornalística;
- Instalar e usar programas de computadores que permitam que você rode, no seu celular, outros softwares legalmente adquiridos (e que você não conseguiria rodar sem a instalação desses programas), ou seja, o desbloqueio do iPhone;
- Instalar programas que permitam que você use seu celular com uma operadora diferente;
- Contornar proteções contra cópias de games (DRM) para testes legitimados de segurança ou investigações;
- Hackear programas de computador protegidos por dongles (dispositivos de hardware que são instalados na máquina e permitem que um programa rode) se os dongles se tornaram obsoletos ou não são mais fabricados;
- Ler um ebook em voz alta (por exemplo, para um cego) mesmo se o livro tiver métodos de controle para proibir esse tipo de uso.

INDICADORES DO BLOG




CINEMA NO BLOG





FORMOSA BANDIDA (1941)
(Belle Starr)



 
Ficha Técnica


Outros Títulos:
La ribelle del sud (Itália)
La reine des rebelles (França)
En laglös kvinna (Suécia)
Gênero:
Faroeste
Direção:
Irving Cummings
Roteiro:
Lamar Trotti
Produção:
Kenneth Macgowan
Música Original:
Alfred Newman
Fotografia:
Ernest Palmer, Ray Rennahan
Edição:
Robert Simpson
Direção de Arte:
Richard Day, Nathan Juran
Guarda-Roupa:
Travis Banton
Efeitos Sonoros:
Roger Heman Sr., E. Clayton Ward
Pais:
Estados Unidos
Elenco

Randolph Scott
Capt. Sam Starr
Gene Tierney
Belle Shirley / Belle Starr
Dana Andrews
Major Thomas 'Tom' Grail
Shepperd Strudwick
Ed Shirley
Elizabeth Patterson
Sarah
Chill Wills
Blue Duck
Louise Beavers
Mammy Lou
Olin Howland
Jasper Tench
Paul Burns
Sargento
Joe Sawyer
John Cole
James Flavin
Sargento
Charles Middleton
Aventureiro
Charles Trowbridge
Coronel Bright
John Shepperd
Ed Shirley
Howard Hickman
Coronel Thornton
Joe Downing
Jim Cole
George Melford
Pregador
Mae Marsh
Mulher do pregador

Sinopse

Em 1865, no Missouri, Jasper Tench procura a Srta. Belle Shirley a quem vende um cavalo por US$ 500.  Ela o paga com dinheiro confederado e ele sai resmungando.  Logo a seguir, Ed Shirley, seu irmão, chega anunciando que a guerra civil acabou e que, infelizmente, os sulistas foram os derrotados.  Ela não se conforma, tamanho o ódio que sente pelos ianques, responsáveis pela morte do pai.

Na cidade, Ed e Belle encontram um velho amigo de infância, o agora major Thomas Grail.  Na conversa, este diz ter sido enviado ao Missouri com a missão de prender homens como o capitão Sam Starr, que não querem acatar a derrota e continuam a travar uma luta de guerrilha.

À noite, convidados por Ed, Grail e seu oficial superior, coronel Thornton, jantam na casa dos Shirley, quando alguém bate à porta.  Belle atende e, para sua surpresa, o homem que está à sua frente é nada menos que o Capt. Sam Starr, que ela só conhecia de nome.  Preocupada, ela pede que ele vá embora, já que está em meio a um jantar oferecido a uns convidados.  Sam lhe diz que irá embora após cumprimentar o Major Grail.  Diante dessa colocação, Belle pede à Mammy Lou, sua velha aia, que coloque mais um prato à mesa.  Os dois entram e, após as apresentações, o jantar continua.

Ao final da refeição, Grail desarma Sam e, do lado de fora, quando se prepara para partir, é surpreendido pelos homens de Sam, que invertem a situação.  Entretanto, quando um grupo de soldados ianques se aproxima, os guerrilheiros se vêem obrigados a fugir.  Durante a perseguição, Tom é alvejado e cai ferido.  Recolhido à casa dos Shirley, recebe os primeiros curativos.

Na manhã seguinte, Grail volta à casa de Belle, prende Sam e Ed, este por esconder um bandido, e manda incendiar a mansão.  Indignada, ela vai até as colinas ao encontro dos guerrilheiros.  Com a ajuda de Blue Duck, e carregando armas sob a saia, ela entra na prisão para visitar o irmão e consegue, assim, fazer com que eles fujam.  De volta às colinas, Ed tenta fazer com que a irmã o siga, mas ela está decidida a participar do grupo de Sam.

Espalha-se a revolta do Capt. Starr.  Recrutas unem-se ao grupo. O exército se sente impotente frente à hostilidade dos nativos.  O governo oferece uma recompensa de US$ 5000 pelas cabeças de Sam e Belle.  Os dois se casam e Belle Shirley torna-se Belle Starr.

O movimento vai bem até a chegada dos irmãos Jim e John Cole, perigosos pistoleiros que se juntam ao grupo.  Com a ajuda de Blue Duck, Ed chega até sua irmã para avisá-la que ela e Sam estão rodeados da pior escória do sul e que homens como os irmãos Cole só estão ali para matar, saquear e tirar proveito próprio, e não pela causa sulista.  Belle lhe diz que agora está casada com Sam e que não pode largá-lo assim.  Ao descer a colina, Ed é morto por um dos irmãos Cole.  Belle ainda corre até ele, a quem promete ter uma conversa séria com Sam.

Quando o marido chega, ela lhe diz que a luta deles não pode ser desfigurada, acolhendo ladrões e criminosos.  Ele lhe promete pensar no assunto tão logo resolva um caso com o governador.  Perguntado sobre o que pretende fazer, ele responde que, por iniciativa dos irmãos Cole, o grupo vai raptar o governador, em visita à cidade, a fim de exigir uma negociação justa para a causa sulista.  Ela diz ao marido que os Cole não estão interessados em negociação pela causa e sim em conseguir uma quantia milionária como resgate.  Como Sam não muda de idéia, ela lhe entrega sua aliança e parte sozinha.

Ao encontrar-se com Mammy Lou, Belle lhe pede que procure o Major Grail, pois está disposta a se entregar.  Sua antiga aia lhe diz que a cidade está fortemente armada, pois o exército acredita que a presença do governador servirá de isca para atrair e prender Sam.  Preocupada, ela monta num cavalo e sai em disparada para avisar o marido sobre a situação.  No caminho, Jasper Tench, o homem que lhe havia vendido um cavalo, a fere mortalmente, sendo seu corpo entregue ao major Grail.  Diante do ocorrido, Sam finalmente se apresenta às autoridades.

Críticas

"Formosa Bandida" é um bom faroeste.  Realizado pelo cineasta Irving Cummings, o filme procura mostrar um retrato de uma das mais notáveis foras-da-lei dos Estados Unidos pós-guerra civil.  Embora não se possa fazer qualquer tipo de comparação com o maravilhoso "... E o Vento Levou", de Victor Fleming, 1939, há qualquer coisa em "Formosa Bandida" que o lembra: talvez o clima reinante em 1865 nos Estados Confederados do Sul, a determinação do povo sulista, a figura da Mammy Lou, o racismo...Cummings faz um bom trabalho, no que é ajudado pela bela fotografia, pela trilha sonora de Alfred Newman e pelo figurino de Travis Banton.  Gene Tierney está muito bem no papel principal, o mesmo ocorrendo com Randolph Scott.  No elenco, merecem ainda serem citadas as boas atuações de Dana Andrews, Chill Wills, John Shepperd e Louise Beavers.

TURISMO NO BLOG


CANOA QUEBRADA, NO CEARÁ, TEM MISTURA PERFEITA DE DUNAS, FALÉSIAS E MAR



O símbolo lua-estrela está por todos os lados e já virou uma marca da praia de Canoa Quebrada, no litoral do Ceará. Distante cerca de 170 km da capital Fortaleza, a praia é cercada por dunas e belas falésias coloridas, formando uma moldura perfeita para o mar verde claro. Muito mais que um passeio de um dia para quem está hospedado em Fortaleza, é lugar para ficar mais tempo e poder contemplar a profusão de cores que toma conta do local. O contraste do mar claro com o vermelho-terra vibrante das falésias sobre ele é um espetáculo logo na chegada a esse destino. Jangadas e pipas de kitesurf tornam tudo ainda mais lúdico e colorido. A praia, que pertence ao município de Aracati (distante 20 km dali) tornou-se conhecida na década de 1970/80, com a chegada dos hippies. Passou um tempo mal-cuidada e esquecida, mas há alguns anos retomou seu caminho e hoje disputa com Jericoacoara a atenção dos turistas que chegam ao Ceará. O nome Canoa Quebrada ainda suscita dúvidas. Uma das histórias é de que por volta de 1650 o navegador português Francisco Ayres da Cunha aportou na praia com seu barco quebrado. Os pescadores que o acolheram pensavam se tratar de uma canoa e o nome teria surgido daí.

Programação intensa dia e noite

O mar tranquilo é um convite ao mergulho, e se quiser aproveitar mais intensamente, opções não faltam: kitesurf, windsurf e paraglider estão à disposição dos turistas na areia. Os bons ventos o ano todo fazem de Canoa Quebrada o lugar ideal para a prática desses esportes. A praia, inclusive, tem um parque eólico instalado. Para os menos radicais, suaves passeios de jangada ou roteiros de bugue e quadriciclo. Um dos passeios de bugue mais interessantes é o que vai quase até a divisa com o Rio Grande do Norte, em Ponta Grossa. Ao longo dos cerca de 25 km é possível observar todas as variações de cor que as falésias assumem e que tornam Canoa Quebrada um local tão especial. Em outros roteiros, dunas, lagoas, sandboard, o encontro do mar com o rio Jaguaribe e um pôr do sol especial em cima de uma duna.

Na areia da praia, grandes barracas servem bem aos turistas. É só descer por uma das várias escadas sobre as falésias e escolher a que mais combina com você. Ao centro, as que atendem mais as famílias, especialmente com crianças, enquanto as do canto direito recebem o pessoal do reggae e do forró. O agito a noite é centralizado na rua Dragão do Mar (antiga Broadway), pontilhada de barzinhos, restaurantes charmosos e lojinhas de artesanato. Atualmente muitas pousadas e restaurantes pertencem a estrangeiros, que montaram seus espaços rústicos e aconchegantes ali e nas poucas ruas próximas a ela. O nome dessa rua, a principal da praia, é uma referência a Francisco José do Nascimento (o Dragão do Mar) ou Chico da Matilde, nascido em Canoa Quebrada em 1839 e que ficou conhecido por liderar os jangadeiros nas lutas abolicionistas do Ceará. Ao fim da rua, há um busto em sua homenagem.

CIRCULA NA INTERNET


VIVA GINA 

IMAGEM DO DIA

Uma belíssima imagem da Duna da Vertente na Praia de  Ponta Grossa - Icapuí -CE

PIADA DO BLOG

AMIGOS CONFIDENTES


No bar de sempre, três amigos batem um papo descontraído, até que um deles propõe:

— Que tal se cada um de nós contasse algo que nunca contou pra ninguém?

— Legal — concorda o primeiro — Há dez anos que eu tenho um caso quentíssimo com a mulher do meu chefe!

O segundo confessa:

— Eu nunca contei isso pra ninguém... Eu sou homossexual! Ai, pronto, falei!

Dos dois olham para o terceiro, para saber o que ele vai confessar e este se defende:

— Ah, eu não sei bem como dizer...

— Coragem, cara! Vai em frente! — encorajam os amigos.

— OK, eu falo... É que... Eu não consigo guardar nenhum segredo!