Seja bem vindo ao "Blog do Borjão"

quinta-feira, 31 de março de 2016

CITAÇÃO DO DIA

“A Vida é um caminho tão curto, que quando nos damos conta já o percorremos por inteiro com tanta avidez e ânsias passageiras, e ai sim, ao sentirmos próximo o seu final, é que vemos o quanto deixamos de fazer, para que esse caminho tivesse menos percalços, sofrimentos e dores.”  (GUTEMBERG LANDI)

CHARGE DO DIA


RAPIDINHAS DO BLOG...

JURO DO CHEQUE ESPECIAL EM FEVEREIRO É O MAIOR EM QUASE 22 ANOS
Os juros médios cobrados pelos bancos nas operações com cheque especial ficaram em 293,9% ao ano em fevereiro, segundo números divulgados na terça-feira (29) pelo Banco Central. O patamar é o maior desde julho de 1994, quando os juros médios cobrados nessa categoria também estavam em 293,9%. Os juros cobrados pelos bancos nesta linha de crédito tiveram aumento de 1,6 ponto percentual no mês passado, pois somavam 292,3% ao ano em janeiro. Nos últimos 12 meses, a alta foi de 79,7 pontos percentuais – estavam em 214,2% ao ano em fevereiro de 2015. Segundo analistas, essa é uma das taxas de juros mais caras do mercado e só deve ser utilizada em momentos de emergência e por um prazo curto.
CARTÃO DE CRÉDITO
Os juros para o cartão de crédito rotativo são ainda maiores. Segundo os números do BC, os juros médios cobrados pelos bancos nestas operações – a modalidade mais cara do mercado – somaram 447,5% ao ano em fevereiro, o maior patamar da série histórica, que tem início em março de 2011. No mês passado, o aumento foi de 8 pontos percentuais e, nos últimos doze meses, foi de 104,8 pontos percentuais. Os juros do cartão de crédito rotativo são os mais caros do mercado. A recomendação de economistas é que os clientes bancários paguem toda a sua fatura do cartão no vencimento, não deixando saldo devedor, e que evitem também usar o cheque especial o máximo possível, apesar de a linha ser de fácil acesso (crédito pré-aprovado).
ALTA DOS JUROS BÁSICOS DA ECONOMIA
O aumento dos juros bancários, no ano passado, acompanhou a alta da taxa básica da economia, fixada pelo Banco Central a cada 45 dias para tentar conter as pressões inflacionárias. A Selic, porém, subiu bem menos do que os juros bancários no ano passado. Desde o  começo de 2015, taxa avançou de 11,75% para 14,25% ao ano, ou seja, um aumento de 2,5 pontos percentuais. Os números mostram que os bancos elevaram suas taxas de juros ao consumidor de maneira bem mais intensa.
CONSIGNADO, CRÉDITO PESSOAL E VEÍCULOS
No caso das operações de crédito pessoal para pessoas físicas (sem contar o consignado), de acordo com o Banco Central, a taxa média cobrada pelos bancos ficou em 122,8% ao ano em fevereiro, contra 118,5% em janeiro. Nesse caso, houve uma alta de 0,7 ponto percentual em janeiro e de 14,8 pontos percentuais em doze meses. Ainda segundo o BC, a taxa média de juros cobrada pelas instituições financeiras nas operações do crédito consignado (com desconto em folha de pagamento) foi de 29,5% ao ano em fevereiro – o que representa um aumento de 0,2 ponto percentual em relação a janeiro (29,36% ao ano). Em doze meses, a alta foi de 2,7 pontos percentuais. Segundo o BC, a taxa média de juros para aquisição de veículos por pessoas físicas, por sua vez, ficou em 27,6% ao ano em fevereiro, contra 27,5% ao ano no mês anterior. Neste caso, houve um aumento de 0,1 ponto percentual no mês e de 2,8 pontos percentuais em doze meses.

USP SÃO CARLOS DESENVOLVE VIDRO QUE MUDA DE COR E PODE CAMUFLAR OBJETOS
Uma pesquisadora da Universidade de São Paulo (USP) em São Carlos desenvolveu um dispositivo denominado "camaleão", um vidro que muda de cor, do amarelo para o verde, quando recebe corrente elétrica. Com isso, é possível camuflar objetos de acordo com o ambiente. A tecnologia pode ser aplicada tanto na área militar quanto na indústria de alimentos. No caso de uma base militar no deserto, por exemplo, uma manta flexível impregnada com a tecnologia poderia ficar totalmente escondida. O mesmo ocorreria com um tanque de guerra em uma selva. O projeto está em processo de patente no Brasil e também na Comunidade Europeia. “Nós já tivemos contatos de indústrias que atendem ao setor militar na Europa e que estão interessadas em produzir os protótipos”, disse a pesquisadora. Agnieszka Maule, do Instituto de Química de São Carlos (IQSC).
ALIMENTOS
Outra aplicação possível, segundo a pesquisadora, seria na indústria de alimentos. Mas, em vez de usar a corrente elétrica, a mudança de cor seria provocada pela alteração de temperatura. No caso de um alimento congelado, por exemplo, parte da embalagem ficaria verde e, em caso de descongelamento, amarela. “Uma vez a comida descongelada, a cor altera e nunca mais volta para a cor anterior. Então, se em algum supermercado a comida estiver descongelada e o pessoal do supermercado tentar congelar ela de novo, o consumidor vai saber”, afirmou a pesquisadora.
DISPOSITIVO
Para chegar ao sistema, os pesquisadores criaram camadas de filmes e soluções que conduzem energia. A eletricidade que percorre o vidro passa por uma espécie de gelatina e faz com que a placa mude de cor. Já existe no mercado um dispositivo parecido, mas nenhum com a mesma variação de cores. “São instalados em retrovisores de carros de luxo. Há também alguns edifícios no mundo que têm as janelas eletrocrômicas. Mas, geralmente, elas mudam de transparente para o azul, a diferença do nosso é que muda de verde para amarelo”, explicou Agnieszka.
MANTAS
As cores verde e amarela não foram escolhidas por acaso. A ideia é usar essa tecnologia para camuflagem na natureza. Primeiro, tira-se a foto de uma paisagem e depois a imagem é enviada para um computador. Cada uma das cores da figura tem um código, como se fosse uma impressão digital. Sinais elétricos enviam esses códigos para as placas, que conseguem reproduzir exatamente as mesmas tonalidades. A ideia é que as pequenas placas sejam colocadas uma ao lado da outra, como se fossem pixels de uma tela, formando mantas. Assim, seria possível cobrir qualquer objeto e escondê-lo no processo de camuflagem.


GOOGLE ANUNCIA FIBER PHONE, SERVIÇO DE TELEFONE FIXO HOSPEDADO NA NUVEM
A Google anunciou na terça-feira (29) um novo serviço de telefonia fixa destinado a que os consumidores permaneçam conectados à nuvem de internet. O Fiber Phone estará disponível em poucos mercados dos Estados Unidos para se expandir depois a outras cidades onde a Google oferece internet de alta velocidade. O novo serviço junta características de alta tecnologia à telefonia fixa, como por exemplo a transcrição de mensagens de voz, seu envio automático como mensagens de texto e a derivação das chamadas a telefones móveis. "Embora os telefones móveis estejam nos levando ao futuro, o serviço de telefonia fixa continua sendo importante para muitas famílias", disse John Shriver-Blake no blog da Google. "A telefonia fixa pode ser familiar, confiável e prover um serviço de alta qualidade, mas sua tecnologia não a acompanhou". O Fiber Phone permitirá aos usuários "acessar o telefone da rua, do trabalho, de onde estiverem", acrescentou. "O número de telefone fica na nuvem, o que significa que você pode usá-lo em qualquer telefone, tablet ou computador", explicou. 

RIVISTA DO MINO


SAÚDE NO BLOG

INSÔNIA
por Vanessa dos Santos
 
A insônia pode ter diversas causas, tais como problemas psicológicas e algumas doenças. Muitas pessoas possuem dificuldade de iniciar ou manter o sono constante por um longo período de tempo. Existem ainda pessoas que não conseguem retornar ao sono após acordarem muito cedo ou possuem um sono não reparador, ou seja, que não promove a sensação adequada de descanso. Todas essas manifestações sinalizam um problema grave conhecido como insônia.
O QUE É INSÔNIA?
A insônia é normalmente definida como um problema em que o paciente não consegue iniciar o sono e/ou mantê-lo, desperta precocemente e não retorna ao sono ou, ainda, apresenta um sono não restaurador. A insônia pode estar relacionada com algumas doenças, tais como ronco, doenças reumatológicas, síndrome da apneia obstrutiva do sono, além de transtornos psiquiátricos e uso de certos tipos de medicamento. A insônia é um problema grave que atinge cerca de 60% de toda a população. As pessoas mais acometidas, normalmente, são mulheres e pessoas que estão sofrendo situações como divórcios, mortes e crises financeiras.
TIPOS DE INSÔNIA
A insônia pode ser classificada de diferentes formas, e uma delas é de acordo com a intensidade dos sintomas. Com base nesse critério, temos a insônia leve, moderada ou grave. Essa última ocorre todas as noites e causa grande prejuízo ao paciente, que apresenta ansiedade, irritabilidade e fadiga. Além da classificação pela gravidade do caso, podemos classificar a insônia em primária, quando não está associada a transtornos mentais e do sono nem a efeitos de medicamentos, e insônia secundária, causada por um fator conhecido, como doenças, medicamentos e problemas psicológicos. A insônia pode ser classificada ainda em aguda, quando ocorre em episódios rápidos, ou crônica, quando ocorre várias vezes ao ano e cada episódio dura, em média, três dias. De acordo com a Classificação Internacional dos Transtornos no Sono, podemos classificar as insônias em: insônia aguda, insônia associada a transtornos mentais, insônia associada a doenças médicas, insônia associada à má higiene do sono, insônia associada ao uso de medicamentos ou substâncias, insônia psicofisiológica, insônia paradoxal, insônia idiopática e insônia comportamental da infância.
O QUE A INSÔNIA PODE CAUSAR?
A insônia é um problema que pode afetar diretamente a qualidade de vida de uma pessoa, causando, por exemplo, fadiga, ansiedade, irritabilidade, dores de cabeça e sintomas gastrointestinais. Além de problemas de saúde, aumentam-se os riscos de acidentes de trânsito, acidentes de trabalho e até mesmo de perda de emprego e diminuição do aprendizado, em razão da redução da capacidade de concentração e atenção.
TRATAMENTO DA INSÔNIA
Como a insônia possui diversas causas, é fundamental procurar entender o que está desencadeando o problema. Após descobrir as causas, o tratamento deve ser voltado para tratar o fator desencadeador, sendo, nesse momento, realizadas intervenções, que podem ou não ser medicamentosas. Como ações que não fazem uso de medicamentos, podemos citar técnicas de relaxamento e exercícios de respiração. Entre os medicamentos, pode-se citar a terapia com antidepressivos e antipsicóticos. 


CIRCULA NA INTERNET

KIBE LOCO 2030 (PARTE 65)

IMAGEM DO DIA

Uma bela imagem da Prainha do Canto Verde – CE - Brasil. Tranquila, fica entre lagos, coqueirais e dunas. Linda vila de pescadores. 

PIADA DO BLOG

EXAME DE PRÓSTATA
O gaúcho vai fazer um exame de próstata. Depois de várias cutucadas, o médico dá o veredicto:
- A sua próstata está ótima! Pode vestir-se!
- O doutor não gostaria de enfiar o outro dedo?
- Mas, por quê?
- Eu sempre gosto de pegar uma segunda opinião!

TEXTO DO BLOG

MOMENTO ÚNICO
por Luis Fernando Verissimo*

Gustave Flaubert escreveu, numa carta para um amigo: “Quando os deuses tinham deixado de existir, e o Cristo ainda não viera, houve um momento único na História, entre Cícero e Marco Aurélio, em que o homem ficou sozinho”.
As divindades pagãs nunca deixaram de existir, mesmo com o triunfo do cristianismo, e a Roma evocada por Flaubert era apenas Roma, não era o mundo. Mas, no breve momento de solidão flagrado pelo escritor, o homem ocidental se viu livre da metafísica — e não gostou, claro.
Quem quer ficar sozinho num mundo que não domina e mal compreende, sem o apoio e o consolo de uma teologia, qualquer teologia? O monoteísmo paternal substituiu as divindades convivais da antiguidade, em pouco tempo Constantino adotaria o cristianismo como a religião do império e o homem perdeu o seu momento único, a oportunidade de se emancipar dos deuses.
A ciência, pelo menos até Einstein, nunca pretendeu desafiar a metafísica dominante, mesmo quando desmentia seus dogmas. Copérnico cumpria seus deveres de cônego da Catedral de Frauenburg enquanto bolava a heresia que destruiria mil anos de ensinamento da Igreja, e seu tratado revolucionário sobre o universo heliocêntrico foi dedicado, sem nenhuma ironia que se saiba, ao Papa Paulo III.
Galileu também foi inocentemente a Roma demonstrar na corte papal o telescópio com o qual confirmara a teoria explosiva de Copérnico, talvez o exemplo histórico mais acabado de falar em corda em casa de enforcado. Quando foi julgado pela Inquisição, Galileu concordou em renunciar à ideia maluca de que a Terra se movia em torno do Sol, para ficar vivo, e a frase famosa que teria dito baixinho — “E pur si muove” — só foi acrescentada ao relato do julgamento um século depois, quando provavelmente também se originou a frase “Se não é verdade, é um bom achado”.
Quando o astrônomo Joseph Halley, o do cometa, entusiasmado com a recém-publicada “Principia”, de Isaac Newton, quis dar uma ideia da importância da teoria newtoniana da gravidade e do movimento dos astros, disse que, com ela “fomos admitidos aos banquetes dos deuses” pois, até então, a ciência só especulara sobre a geometria celestial — algo como o Woody Allen dizendo que fazer cinema sério, ao contrário de comédias, era sentar-se na mesa dos adultos.
Com Newton, passamos a conversar seriamente com os deuses. Halley preferiu “deuses” a Deus, evocando o tempo pré-cristão em que as divindades andavam entre os homens e podiam até ser seus comensais. O trabalho de Newton fazia parte da “filosofia natural”, o pseudônimo com que, na Europa do século XVII, a ciência especulativa convivia com os dogmas religiosos.
Os banquetes com os deuses não eram exatamente atos de rebeldia contra a teologia, mas uma maneira de trazer a metafísica de volta a um plano humano. Mas o momento único da emancipação possível já passara. 

(*) Luis Fernando Verissimo é escritor.

INDICADORES DO BLOG

BOVESPA
O principal índice da Bovespa fechou em leve alta na quarta-feira (30), no terceiro fechamento consecutivo no azul. O principal índice de ações da bolsa subiu 0,18%, aos 51.248 pontos. Na máxima do dia, subiu mais de 2% e chegou a 52.261 pontos. 

ÍNDICES DA BM&FBOVESPA
ÍNDICE
VARIAÇÃO (%)
MÁXIMO (PTS)
MÍNIMO (PTS)
VARIAÇÃO (PTS)
TOTAL (PTS)
Ibovespa
+0,18%
52.261,94
50.899,85
+93,93
51.248,92
IBX
+0,09%
21.544,87
21.016,26
+18,08
21.150,01
IBX50
+0,13%
8.830,22
8.604,88
+11,57
8.661,53
IEE
+0,35%
28.899,01
28.273,68
+99,97
28.440,49
IGCX
+0,10%
8.125,27
7.956,49
+8,34
8.008,39
INDX
-0,54%
12.690,46
12.443,29
-67,38
12.484,64
ISE
-0,28%
2.319,61
2.271,61
-6,31
2.285,60
IVBX
+0,06%
8.010,77
7.838,98
+4,91
7.891,15
30/03/2016 18h15 | Thomson Reuters                                            

MOEDAS
MOEDA
COMPRA (R$)
VENDA (R$)
VAR (%)
Dólar Comercial
3,5988
3,6017
-1,00%
Euro
4,0981
4,1008
-0,21%
Libra
5,1972
5,2000
-0,65%
Peso Argentino
0,2471
0,2477
-0,48%
30/03/2016 18h12 | Thomson Reuters

INFLAÇÃO
ÍNDICE
MÊS
VALOR
IPCA
Fev.16
+0,9%
IPC-Fipe
Fev.16
+0,89%
IGP-M
Fev.16
+1,29%
INPC
Fev.16
+0,95%
10/03/2016 18h44 | Thomson Reuters 

JUROS E POUPANÇA
ÍNDICE
VARIAÇÃO (%)
Selic (ano)
14,25%
CDI (ano)
10,80%
TJLP - Taxa de juros de longo prazo (trimestre)
7,50%
TR - Taxa referencial (mês)
0,2133%
Poupança (mês)
0,702%
30/03/2016 18h12 | Thomson Reuters
  
COMMODITIES
ÍNDICE
VARIAÇÃO (%)
VARIAÇÃO (PTS)
COTAÇÃO (US$)
Prata
-0,95%
-0,15
15,20
Platina
-0,82%
-7,93
959,24
Petróleo WTI
+1,07%
+1,01
95,25
Ouro
-1,47%
-18,29
1.223,51
Petróleo Brent
0,00%
0,00
34,06
Paládio
-1,54%
-8,85
564,65

30/03/2016 18h15 | Thomson Reuters

quarta-feira, 30 de março de 2016

CITAÇÃO DO DIA

“É a ambição de possuir, mais do que qualquer outra coisa, que impede os homens de viverem de uma maneira livre e nobre.”  (BERTRAND RUSSELL)

CHARGE DO DIA


RAPIDINHAS DO BLOG...

CAIXA ELEVA JUROS PARA FINANCIAR CASA PRÓPRIA
A Caixa Econômica Federal informou na segunda-feira (28) que aumentou os juros para financiar a casa própria com recursos da poupança. A taxa balcão – para não clientes da Caixa – passa de 9,9% para 11,22% ao ano, para compra de imóveis pelo Sistema Financeiro Habitacional (SFH). Já para o Sistema Financeiro Imobiliário (SFI), que costuma financiar imóveis acima de R$ 750 mil, a taxa para não clientes subiu de 11,5% para 12,5% ao ano. As novas taxas entraram em vigor na quinta-feira passada (24/03). É a primeira vez no ano que a Caixa sobe os juros para crédito imobiliário. O último reajuste aconteceu em outubro do ano passado. Segundo a Caixa, o novo aumento é "decorrente de alinhamento ao atual cenário econômico". Segundo o banco, foram reajustadas as taxas de juros para financiamento de imóveis residenciais, comerciais e mistos. As taxas dos financiamentos com recursos do Programa Minha Casa Minha Vida e do FGTS não sofreram alteração. A alta dos juros acontece duas semanas após a Caixa ter decidido aumentar de 50% para 70% o limite de financiamento de imóveis usados e a reabertura do financiamento do segundo imóvel como medidas de estímulo para reanimar o setor em meio à recessão econômica. Nos últimos reajustes, a Caixa justificou a alta ao aumento das taxas básicas de juros (Selic), que está sendo mantida em 14,25% desde setembro do ano passado.
Na prática, o reajuste torna mais difícil o sonho da casa própria, segundo o diretor executivo de Estudos e Pesquisas Econômicas da (Anefac), Miguel José Ribeiro de Oliveira."Qualquer pequena alteração na taxa de juros pesa bastante no valor da prestação – e essa alteração não foi pequena, foi grande. Além disso, há todo um cenário de incerteza. A pessoa não sabe se vai perder o emprego lá na frente. E com a subida de juros se sente menos motivada ainda", diz o economista. Segundo Oliveira, o reajuste dos juros da Caixa já eram esperados em razão do risco maior de crédito em meio ao cenário de aprofundamento da recessão e crescimento da inadimplência. "Todos os bancos estão subindo os juros", destaca, citando pesquisa da Anefac, que mostra quem em fevereiro as taxas de juros das operações de crédito registraram a 17ª alta consecutiva.
CRÉDITO IMOBILIÁRIO EM QUEDA
A Caixa fechou o ano de 2015 com participação de 67,2% nos financiamentos imobiliários concedidos no país. A carteira de crédito habitacional do banco avançou 13% em 12 meses e alcançou saldo de R$ 384,2 bilhões. A Caixa registrou no ano passado lucro líquido de R$ 7,2 bilhões em 2015, valor 0,9% superior ao obtido no ano anterior. O volume de empréstimos para aquisição e construção de imóveis caiu 33% no ano passado, na comparação com 2014, segundo a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip). Para 2016, a projeção é de mais uma queda, da ordem de 20%. Na tentativa de atenuar o forte desaquecimento do setor, o governo anunciou em fevereiro que o Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) decidiu ampliar o orçamento destinado a investimentos em R$ 21,7 bilhões neste ano.

DÁ PARA SABER SE HAVERÁ MAIS PEIXES OU PLÁSTICO NOS OCEANOS EM 2050?
Um preocupante relatório, calculando que em 2050 haverá mais plástico do que peixes nos oceanos, foi divulgado recentemente pela Fundação Ellen MacArthur e o Fórum Econômico Mundial. Chamado The New Plastics Economy ("A Nova Economia do Plástico", em tradução livre), o relatório estimou que, no ritmo atual, os mares terão, em termos de peso, mais plástico do que peixes na metade deste século. O relatório ganhou as manchetes de vários jornais, mas acabou sendo questionado e levantando a questão: como medir a quantidade de plástico e como contar os peixes? O problema é que o próprio relatório reconhece que é difícil fazer uma medição precisa nos dois casos. No caso dos plásticos, o estudo faz referência a um levantamento publicado em 2015 por Jenna Jambeck, professora da Universidade da Georgia, nos Estados Unidos. Ela tentou fazer um censo global da poluição por plásticos e estimar o quanto disso vai parar nos oceanos. O estudo de Jambeck analisa estimativas do total de lixo em todos os países que não são totalmente cercados por terra e, a partir disso, estima o quanto deste lixo pode ser plástico, o quanto é reciclado e assim por diante.  Mas para estimar o quanto deste plástico vai parar no mar, o estudo levou em conta apenas uma área - a Baía de San Francisco (EUA). "Isso não representa o resto do planeta, então você pode ver o potencial para grandes divergências neste cálculo", criticou o professor Callum Roberts, da Universidade de York, na Grã-Bretanha. O que a Fundação Ellen MacArthur fez foi pegar a pesquisa de Jambeck, que faz previsões apenas até 2025, e projetar essas estimativas até 2050.
IMPLÍCITO
Sendo assim, quanto plástico teremos nos oceanos em 2050? Surpreendentemente, isso não é especificado no relatório, mas este deixa implícito que haveria um total de 750 milhões de toneladas de plástico nos oceanos na metade do século. Quanto à estimativa dos peixes, o relatório não estima um número de toneladas esperadas de peixes nos mares em 2050 e não cita pesquisas sobre essas populações. No entanto, um diagrama no relatório prevê uma proporção plástico/peixes de "maior do que 1:1" em peso em 2050. Questionada pela BBC a respeito de seus números, a Fundação Ellen MacArthur enviou um documento chamado Background To Key Statistics e também uma nova versão do relatório publicada em 29 de janeiro deste ano. Os dois documentos trazem novos dados (nenhum dos autores estava disponível para entrevistas). A Fundação atualizou o número de peixes no mar em 2050 para cerca de 899 milhões de toneladas. Mas também aumentou a estimativa para a quantidade de plástico no oceano em 2050 para entre 850 milhões e 950 milhões de toneladas, ou cerca de 25% a mais do que originalmente previsto. Então, apesar de haver uma quantidade um pouco maior de plástico no mar em 2050, segundo estes números, a proporção continua sendo de um para um. No entanto, eis o problema real: contar peixes é algo complicado. Os novos cálculos da fundação são baseados em um estudo de 2008 liderado por Simon Jennings, do Centro para Meio Ambiente, Pesca e Ciência da Aquacultura do Reino Unido. A equipe dele usou imagens de satélite para medir a extensão de plantas microscópicas conhecidas como fitoplâncton em todos os oceanos do mundo. Pelo fato de os fitoplânctons serem tão abundantes, eles alteram a cor da superfície do oceano em grandes áreas, e essas mudanças podem ser vistas do espaço. E como quase toda a cadeia alimentar marinha é dependente do fitoplâncton, este dado por ser usado para estimar o total de toneladas de peixes vivendo nos mares. É desse trabalho que vem o número da Fundação Ellen MacArthur, de 899 milhões de toneladas de peixes.
REVISÃO
No entanto, em 2015, Simon Jennings reviu seu próprio estudo e chegou a uma conclusão muito diferente. Ele disse à BBC que agora ele acredita que o fitoplâncton pode, potencialmente, sustentar quantidades muito maiores de vida marinha do que ele pensava anteriormente. O novo estudo não diferencia entre peixes e outros predadores marinhos, mas conclui que pode haver entre 2 bilhões de toneladas e 10,4 bilhões de toneladas de criaturas marinhas nos oceanos. "No momento não temos confiança absoluta em nossos métodos para determinar qual a proporção (desse volume) é formada de peixes. É um número muito incerto para prever", afirmou o pesquisador. A previsão da Fundação Ellen MacArthur das previsões para plásticos também merece atenção. Jenna Jambeck, que liderou o estudo sobre poluição por plásticos citado pela fundação, disse à BBC que não estava confiante com o método da fundação, de projetar os números de seu trabalho de 2025 para 2050. Então: quanto de plástico há nos oceanos e quanto vai haver em 2050? Não se sabe, mas provavelmente é muito. Quanto de peixe? Também não sabemos, mas com certeza é muito. E quando um vai superar o outro? Definitivamente não se sabe. Mas todas estas questões trazem à tona um problema muito real: sabemos que o plástico, quando vai para os oceanos, pode levar séculos para se decompor, e seu volume está em constante crescimento.


FBI DESBLOQUEIA IPHONE DE TERRORISTAS E ENCERRA PROCESSO CONTRA APPLE
O FBI conseguiu desbloquear o iPhone de um dos terroristas dos ataques a San Bernardinoatravés de um método ainda desconhecido, mas sem a ajuda da Apple, segundo a agência de notícias Associated Press (AP). Com isso, o Departamento de Justiça dos Estados Unidos encerrou na segunda-feira (28) o processo movido contra a empresa. De acordo com o jornal "Washington Post", os promotores do caso escreveram que os investigadores "acessaram os dados contidos" no aparelho de um dos atiradores e não precisavam mais da ajuda da Apple. Na segunda-feira (21/3) a justiça americana já havia aceitado anular audiência a pedido do governo depois que o Departamento de Justiça afirmou que havia encontrado um método para desbloquear o smartphone. Segundo a Apple, com isso a empresa não precisa ser forçada a ajudar no desbloqueio de outro aparelho em caso semelhante na cidade de Nova York.
O ATAQUE
No início de dezembro de 2015, pessoas armadas entraram num edifício em San Bernardino, na Califórnia, e mataram 14 pessoas e deixando outros 17 feridos. O tiroteio ocorreu no Inland Regional Center, uma instituição que atende "pessoas com deficiências de desenvolvimento". Desde então, a Apple se negava a desbloquear o iPhone encontrado na casa de Syed Farook e Tashfeen Malik, o casal responsável pelo ataque, alegando que estabeleceria um precedente muito perigoso na proteção de dados dos usuários. 

CINEMA NO BLOG

LABIRINTO DE PAIXÕES (1962)
The spiral road 

FICHA TÉCNICA
Outros Títulos:
L'homme de Bornéo (França)
La strada a spirale (Itália)
Camino de la jungla (Espanha)
Laberinto trágico (México)
Am schwarzen fluß (Alemanha, Austria)
Djungeldoktorn (Suécia)
Junglelægen (Dinamarca)
Tehtävä viidakossa (Finlândia) 
Pais:
Estados Unidos
Gênero:
Aventura
Direção:
Robert Mulligan
Roteiro:
John Lee Mahin, Neil Paterson
Produção:
Robert Arthur
Música Original:
Jerry Goldsmith
Direção Musical:
Joseph Gershenson
Fotografia:
Russell Harlan
Edição:
Russell F. Schoengarth
Direção de Arte:
Henry Bumstead, Alexander Golitzen
Figurino:
Rosemary Odell
Maquiagem:
Bud Westmore
Efeitos Sonoros:
Joe Lapis, Waldon O. Watson

ELENCO
Rock Hudson
Dr. Anton Drager
Burl Ives
Dr. Brits Jansen
Gena Rowlands
Els
Geoffrey Keen
Willem Wattereus
Neva Patterson
Louise Kramer
Will Kuluva
Dr. Sordjano
Philip Abbott
Frolick
Larry Gates
Dr. Kramer
Karl Swenson
Inspetor Bevers
Edgar Stehli
Sultão
Judy Dan
Laja
Robert F. Simon
Dr. Martens
Ibrahim Pendek
Stegomyia
Reggie Nalder
Burubi
Leon Lontoc
Dr. Hatta
David Lewis
Major Vlormans
Parley Baer
Sr. Boosmans
Fredd Wayne
Van Bloor
Leslie Bradley
Krasser
Barbara Morrison
Sra. Boosmans
Martin Brandt
Dr. Sander
Paul Keast
Ministro

PRÊMIOS
Prêmios Bambi, Alemanha:
Prêmio Bambi de Melhor Ator Internacional (Rock Hudson)

VIDEOCLIPES

SINOPSE
Em 1936, um jovem médico ateu, Dr. Anton Drager, viaja para Java a fim de estudar os efeitos da lepra ao lado de um especialista no assunto, Dr. Brits Jansen. Os dois médicos têm muito em comum, no que tange aos seus pontos de vista científicos, mas, por outro lado, são filosoficamente incompatíveis, já que Drager não compartilha das mesmas crenças de Jansen nessa área. Além disso, sua esposa, Els, sente-se negligenciada por causa de sua dedicação quase que exclusiva ao trabalho. Em Java, Drager se vê obrigado a embrenhar-se na selva para localizar Frolick, que se acha perdido. Este foi levado à loucura por Burubi, um xamã, que por meio de invocações ritualísticas, manifesta supostas faculdades curativas e divinatórias. Ao localizá-lo, no entanto, ele se vê obrigado a matá-lo em auto-defesa.  Após resgatar outro médico, na mesma região, Drager se vê perdido na selva. Ele quase morre e se acha em coma no momento em que é resgatado. Seu calvário faz com que ele mude suas percepções filosóficas e passe a acreditar, como Jansen, na natureza pecaminosa dos seres humanos e na necessidade de manter a fé salvadora através dos ensinamentos deixados por Nosso Senhor Jesus Cristo. Agora, ele tem consciência de que não se pode viver sem pensar no próximo, na esposa, em Deus.

COMENTÁRIOS
Realizado pelo cineasta Robert Mulligan, “Labirinto de Paixões” é um ótimo filme americano do início dos anos 1960. É um daqueles filmes que se pode assistir várias vezes, sempre encontrando novos detalhes. Na direção, Mulligan realiza um bom trabalho, no que é ajudado pelas excelentes atuações de Burl Ives e Rock Hudson, tendo este último sido agraciado com o Prêmio Bambi de Melhor Ator Internacional. A música de Jerry Goldsmith é outro item que merece ser destacado. Enfim, “Labirinto de Paixões” é um filme que merece ser visto e revisto.

por Carlos Augusto de Araújo

TURISMO NO BLOG

REVISTA PORTUGUESA DESTACA AS BELEZAS DE ANGRA DOS REIS 

A Sirius, revista portuguesa do setor da aviação, indicou o município fluminense de Angra dos Reis como melhor destino para “magníficos dias de descanso” durante o período de férias europeias, em julho e agosto. 
Em duas páginas da editoria Destino, a Sirius Magazine enalteceu as belezas naturais da ilha. Com o título “Angra dos Reis... das Rainhas, e dos contos de fadas...”, a publicação deu dicas de voos, hospedagem, passeios e até mesmo de precauções sobre segurança e cuidado com a pele devido ao calor da região. 
A revista especializada detalhou informações sobre as frequências de voos. “Com partida de Lisboa e do Porto, a TAP disponibiliza mais do que uma ligação diária entre Portugal e o Rio de Janeiro. A duração média do voo é de 9 horas e 45 minutos. O avião que normalmente faz a operação é o Airbus A330 Angra dos Reis, cujo nome teve origem no facto da cidade ser uma enseada largamente aberta.”
“Esse resultado reflete o empenho da Embratur em intensificar ações de promoção do Brasil no exterior. A ampla divulgação que fizemos dos Jogos Rio 2016 em Portugal reflete em diversos destinos e produtos turísticos”, destaca o presidente substituto da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo),Gilson Lira. Para ele, participar de feiras internacionais é fundamental para diversificar e promover a comercialização de novos produtos turísticos do Brasil. 
Lira destaca que Portugal é o 11º país que mais envia turistas ao Brasil, com 170 mil visitantes em 2014. “A vinda dos turistas portugueses será uma oportunidade para os visitantes conhecerem toda a diversidade do turismo brasileiro”, enfatiza.  

Fonte: Portal Brasil, com informações da Embratur

CIRCULA NA INTERNET

BREAKING NEWS
By Kibe Loco

IMAGEM DO DIA

Uma bela imagem na aprazível Areia Branca - RN - Brasil, clicada by Maria Silva

PIADA DO BLOG

PARTILHA DE BENS
Dois amigos se encontram em uma tarde de domingo no calçadão da beira mar na orla do Mucuripe em Fortaleza-CE quando surge o seguinte diálogo:
- Pois é Carlão   me divorciei...
- Foi complicado Haroldão?
- Muito...
- Por que?
- Por causa dos meninos...
- Me conte!
- Seguinte, é que o juiz disse que as crianças deviam morar com quem ficasse com a maior parte dos bens...
- Sei e elas ficaram com você ou com sua ex-mulher?
- Não, ficaram com o advogado!